[Opinião] Inherit the Stars

11Nov15
Inherit the StarsAutor: Tessa Elwood
Editora: Running Press
Publicação: 08 Dezembro, 2015
Formato: Paperback
Páginas: 304
ISBN: 9780762458400
Idioma: Inglês
netgalley_logo

Sinopse: Three royal houses ruling three interplanetary systems are on the brink of collapse, and they must either ally together or tear each other apart in order for their people to survive.
Asa is the youngest daughter of the house of Fane, which has been fighting a devastating food and energy crisis for far too long. She thinks she can save her family’s livelihood by posing as her oldest sister in an arranged marriage with Eagle, the heir to the throne of the house of Westlet. The appearance of her mother, a traitor who defected to the house of Galton, adds fuel to the fire, while Asa also tries to save her sister Wren’s life… possibly from the hands of their own father.
But as Asa and Eagle forge a genuine bond, will secrets from the past and the urgent needs of their people in the present keep them divided?

add to goodreads

Opinião:

* * * Sem triângulo amoroso * * *

Tantos mixed feelings acerca deste. Acontece que gostei bastante dos protagonistas e do romance slow-burn que começa com um casamento de conveniência (que é, vergonhosamente-but-not-really, dos meus enredos favoritos), mas depois tudo o resto é uma mixórdia que me foi dando tantos nós no cérebro, ao ponto de ter passado grande parte do livro a reler o mesmo parágrafo várias vezes para tentar perceber o mínimo do que estava a acontecer. Ler ficção não devia ser tão trabalhoso.

Esta história é, sem exagero, muito confusa desde o primeiro capítulo, porque começa com uma explosão que deixa a irmã da protagonista, Asa, gravemente ferida—coisa que a lança numa sucessão de acontecimentos em que a autora usa uma linguagem específica, isto num mundo completamente diferente da realidade e ainda por cima durante um conflito interplanetário.

Acima de tudo, acho que esta história precisava de mais background acerca do conflito e de todas as partes incluídas, porque desde a primeira página que senti que fui atirada para o meio de uma conversa em que toda a gente está a falar ao mesmo tempo e por mais que tentasse só conseguia perceber um bocadinho do que eles estavam a dizer.

Também gostava de ter conhecido a Asa antes da prioridade da vida dela passar a ser a irmã, a irmã e a irmã, mais o resto do mundo, sem pensar duas vezes no que isso significa para ela. Não é que eu não consiga apreciar a ocasional heroína completamente boazinha e altruísta, mas tira-me do sério quando ela não consegue por-se em primeiro lugar uma única vez, ao ponto de se achar de certa maneira descartável—o que foi o caso da Asa, que acha que o bem-estar e a felicidade dela não importam nada, nadinha, e se por um lado eu gostei dela, por outro só lhe queria dar uns valentes abanões, grrr.

you-is-smart-you-is-important

Apesar de todas as minhas queixas, espero ler mais alguma coisa desta autora num futuro próximo porque realmente gostei muito do romance que nem sequer é prioritário nesta história mas que conseguiu deixar-me várias vezes com um sorriso estúpido na cara.

3stars

EN | Goodreads | The Book Depository


3 Responses to “[Opinião] Inherit the Stars”

  1. 1 Lekeisha

    I have this scheduled for Thanksgiving weekend. Hopefully, it will be a good read.

    • I hope you like it! I liked the main characters and the romance (slow burn FTW), but the actual plot was a bit confusing.


  1. 1 Wrap-up dos desafios de leitura 2015 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: