O Agente da U.N.C.L.E, o filme

05Out15

o-agente-da-uncleAqui estou eu mais uma vez, embrenhada naquela actividade fantástica de seu nome “eating crow”,

eating-crow

porque fui um tanto ou nada bitchy com o The Man from U.N.C.L.E. no post de estreias e pronto… I was wrong.

Então, fui ver o dito cujo no sábado e OMD foi tão divertido. A história gira à volta de um cientista que está a ser obrigado a construir uma bomba e por causa disso a Gaby (Alicia Vikander), que é filha dele, vai ter dois espiões de alto calibre e nacionalidades rivais—um americano, Napoleon (Henry Cavill), e um russo, Illya (Armie Hammer)como uma espécie de dupla de guarda-costas, não quero dizer mais porque spoilers. Conclusão: segue-se um rol de peripécias ora mais sérias, ora mais cómicas, porque nem estes dois querem trabalhar juntos, nem a Gaby quer aturá-los.

Adorei a Gaby que é uma refilona e uma maluca, no bom sentido. O Napoleon é extremamente eficiente mas também muito descontraído, enquanto que o Illya é a primeira coisa e o oposto da segunda. Imagine-se o resultado de um trio deste género ter que passar vários dias juntos.

hestryingtostopthecar

Quanto ao romance, aviso já que isto não é um triângulo—o Napoleon é bastante protector em relação à Gaby, mas comporta-se somente como se fosse um irmão mais velho, já para não falar que ele está mais interessado em one-night stands com perfeitas estranhas; já o russo é outra história, é super divertido ver ele a Gaby interagir porque ele é muito reservado, severo e completamente no-nonsense, e ela não tem grande paciência para essas coisas. Ri-me tanto. Note-se que o romance tem um papel secundário neste filme.

dance-dance-man-from-uncle

Gostava de ter mais lingo cinematográfico para explicar todas as coisas interessantes acerca deste filme, mas de facto não tenho e portanto na minha ignorância limito-me a dizer que este filme proporciona uma experiência um bocadinho diferente do costume, especialmente no que toca às cenas de acção (que são muitas) em que são feitos uns zooms malucos e é usada música em vez de diálogos ou outros efeitos sonoros, e que funciona tão bem.

Claro que recomendo, embora já não haja assim tantas sessões para ver este filme.

Trailers: passou o do Spectre, o do Black Mass, e outro que não me recordo, mas também era sobre espiões.



5 Responses to “O Agente da U.N.C.L.E, o filme”

  1. 1 p7

    Ei, nunca é tarde para voltarmos atrás e dar o dito por não dito.😛

    Por mim, fiquei contente por me ter lembrado de ir ver isto ao cinema. Não sabia muito sobre a coisa, e estava na dúvida, mas por outro lado parecia ligeiramente (eh) interessante, portanto…

    Morri a rir com as rivalidades dos dois protagonistas masculinos, “olha, a minha tecnologia russa é melhor que a tua”, “nah, a minha tecnologia americana é que é a melhor”, e a pobre da moça a ter de aturar tais parvoíces, a revirar os olhinhos, e a perguntar-se por que raios é que está a fazer de babysitter dos tipos que deviam ser os babysitters dela.😀 O sentido de humor é mesmo a minha coisa. A cena final do tipo nazi é qualquer coisa…😛

    Além disso, gosto muito do estilo gráfico deste realizador, de como ele monta as cenas, já era coisa que eu achava piada nos filmes do Sherlock do Robert Downey Jr., por isso um dia destes ainda me dá para lhe ir ver os outros filmes que tem realizados.🙂

    E num jeito de PS, sou capaz de ter morrido a rir também com o teu comentário no post das estreias, sobre o filme do Tom Hardy.😉

    • Mesmo. Eu nem me importo nada de mudar de opinião sobre alguma coisa se essa coisa provar que eu estava errada desta maneira, tipo eu passei a sessão inteira a pensar “woohoo! afinal estava errada!! yay!!😀 ”

      Oh meu deus este realizador é louco, eu já sabia mais ou menos disso de ter visto os filmes do Sherlock, mas neste filme ele superou-se, aquelas cenas de acção são completamente MALUCAS. Achava tanta piada quando a cena era uma perseguição louca e a única coisa que se ouvia era uma musiquinha retro italiana xD deus do céu aquela cena em que o Illya fica no barco às voltinhas e o Napoleon mete-se no camião a comer a merenda, chorei de riso.

      Opá, Gaby!!❤ Claro que era por ser mecânica, mas ela lembrava-me a Cinder xD Era tão giro se fizessem uma sequela, queria ver ela a fazer mais trabalho de espia.

      Haha, nice. Eu e o poster do Legend, foi o momento facepalm da semana.

      • 3 p7

        É uma sensação tão boa, não é? Uma pessoa a pensar que algo vai ser tão mau, e sai dali completamente encantada.😀

        Looool I know, visualmente ele sai-se sempre com coisas tão fixes e wow. A cena do lago foi de morrer, um sossegado a comer e o outro a armar-se e a afundar o barco… xD Tenho a sensação que a Gaby teria adorado lá estar, a morrer de risota de ver a cena.

        Bem, pelo que percebi, a sequela é tipo a série original? :S Isto serviria de prequela, I think.

      • Muito boa!

        Ah pois, és capaz de estar certa, a série… acho que também há uns tv movies… não tenho a certeza. Opá mas eu queria uma sequela deste com as maluquices e os actores :3 … mas não sei se fez dinheiro o suficiente para uma sequela😦


  1. 1 Filmes e Séries 2015 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: