Lark Rising

30Out14
Lark Rising
Autor: Sandra Waugh
Série: Guardians of Tarnec, #1
Editora: Random House
Publicação: 23 Set, 2014
Formato: Hardback
Páginas: 384
Idioma: Inglês

Sinopse: Full of romance and nature magic, this debut fantasy is perfect for fans of Shannon Hale, Juliet Marillier, and Kristin Cashore.
Lark has foreseen two things—she will fall for a young man with sage green eyes,and he will kill her.
Sixteen-year-old Lark Carew is happiest close to home, tending her garden and gathering herbs for medicines. But when her Sight warns her that monsters called Troths will soon invade her village, Lark is summoned on a journey to seek help from the legendary Riders of Tarnec. Little does she suspect that one of the Riders, Gharain, is the very man who has haunted her visions. Or that the people of Tarnec have called her there for another reason: Lark is the Guardian of Life, the first of four Guardians who must awaken their powers to recover four stolen amulets. Together, the amulets—Life, Death, Dark, and Light—keep the world in Balance. To take back the Life amulet, Lark will have to discover her true inner strength and give in to a love that she swears will be her downfall.

Opinião:

Já não me atiro aos debuts como antes, mas este tinha tão bom aspecto, já para não falar que a Juliet fez-lhe um blurb, e não é todos os dias que tal coisa acontece, por isso estava super animada para ler o Lark Rising, e sobretudo confiante de que ia ficar fã da autora e da série. Conclusão: GRANDE NÃO.

Honestamente só me dá pena a bela da capa, porque de resto não se aproveita nada. A história até não começou mal, mas depressa me fez rolar os olhos nas órbitas por causa 1. do plot taaão previsível, 2. das cenas e diálogos cheesy, e 3. do romance insosso. Pior do que isto só as personagens principais que são dois grandes cromos e davam-me cá um soninho… (T_T)

A protagonista, Lark, é uma autêntica Mary Sue, toda ela bondosa, altruísta, e desinteressante, um floquinho de neve especial que possui a Sight (prevê o futuro), e que certo dia é escolhida para ir pedir ajuda a um grupo de cavaleiros, os Riders, para defender a aldeia dela de uns bicharocos humanóides, os Breeders. Ao longo da sua jornada ela acaba por descobrir que é a Guardiã de um de quatro amuletos que controlam o balanço do mundo, amuletos esses que precisam ser encontrados e protegidos.

Se tivesse que adivinhar iria que a Waugh limitou-se a seguir qualquer tipo de guia “Fantasy 101” para contar esta história; quero com isto dizer que achei o percurso da Lark extremamente previsível a todos os níveis, e que este livro foi um grande momento de dejá vu. Nem consigo elogiar a escrita porque esta leitura para mim foi uma espécie de lista-de-coisas-que-têm-de-acontecer-à-heroína, em vez de sucessão-de-eventos-que-acontecem-naturalmente.

O romance é o mais básico not-really-haters to lovers—a Lark e o seu amado começam muito mal, tendo em conta que ele a quer trespassar com a espada e fica sempre amuado quando ela está presente, mas acontece que ele só se está a fazer de difícil, e que eles estão destinados um para o outro. Adoro quando um casal começa por nem se poder ver e depois vai-se apaixonando lentamente, aos bocadinhos, mas preciso de ver isso acontecer, de ver a conquista, de ver as opiniões mudar, de ver eles a ficarem tão doidinhos um pelo outro que aquela animosidade inicial torna-se numa memória cómica—e não foi nada disto que se passou com este casal. Que piada tem o gajo andar-me de cara feia durante mais de metade do livro e assim de repente, I love you so much, let’s make out…?

E se há coisa que me aborrece é quando um narrador (neste caso narradora, a Lark) passa a história a lembrar-me de que cor são os olhos, o cabelo, a pele, as roupas, desta e daquela personagem, ou pior, quando não para de elogiar a beleza e a perfeição física do amado. Enough, já me disseste que os olhos do moço são sage-green e que ele é lindo e que tem um sorriso do outro mundo umas seis vezes, é mesmo preciso dizeres-me mais uma vez? Não há paciência.

1star

Goodreads | The Book Depository


No Responses Yet to “Lark Rising”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: