Archer’s Voice

04Out14
archers-voiceAutor: Mia Sheridan
Série: A Sign of Love
Editora: (Selfpublished)
Publicação: 25 Jan, 2014
Formato: Ebook
Páginas: 345
Idioma: Inglês

Sinopse: When Bree Prescott arrives in the sleepy, lakeside town of Pelion, Maine, she hopes against hope that this is the place where she will finally find the peace she so desperately seeks. On her first day there, her life collides with Archer Hale, an isolated man who holds a secret agony of his own. A man no one else sees.

Archer’s Voice is the story of a woman chained to the memory of one horrifying night and the man whose love is the key to her freedom. It is the story of a silent man who lives with an excruciating wound and the woman who helps him find his voice. It is the story of suffering, fate, and the transformative power of love.

add to goodreads

Opinião:

Finalmente percebi porque é que este livro tem um rating tão alto no Goodreads, oH mEU DEUs, ARCHERRRRRRR!!

orgasm

Isto é uma pérola do romance contemporâneo, minha gente, uma pérola. Começando pelo herói, Archer, que contrariando 90% dos outros heróis de livros do género, não é um jerk, ou um manwhore. Aliás ele é muito tímido, em parte porque é mudo e ninguém o entende—ou se esforça para o entender—e isto aliado ao facto dele ter um passado trágico, e de viver sozinho há muitos anos, acaba por fazer dele o hermit da cidade.

Entra a Bree. Uma heroína anti-Mary-Sue, a transbordar de atitude, garra, carácter, e bom-senso; ela que também tem uma nuvem trágica a pairar-lhe sobre a cabeça mas isso não a impede de seguir em frente e de tentar fazer uma vida normal. Os dois cruzam-se assim num belo dia, por acaso, e abençoada seja esta rapariga, porque ela não vai desistir até conseguir mandar abaixo todas as muralhas que o Archer ergueu à sua volta durante anos.

Adorei a evolução da relação deles—aquilo começa devagar, devagarinho, para não assustar o Archer, e é delicioso ver a cumplicidade entre os dois crescer e transformar-se num amor louco. Delicioso. Os olhares intensos, os toques inocentes, os toques menos inocentes, os pequenos gestos que significam tanto para ambos. OPÁ, Archer e Bree, meus doces!! :3

Basicamente, o Archer é aquele herói-unicórnio que só aparece de vez em quando e que me levam a fazer as figuras mais tristes enquanto estou a ler; e a Bree é fantástica em todos os sentidos, apetecia-me aplaudir sempre que se proporcionava um daqueles momentos típicos do romance em que tudo pode correr estupidamente mal por causa de terceiros (INVEJOSOS!), e mal-entendidos do inferno, mas a Bree mantém-se firme. Claro que vacila, afinal ela é só humana, e isso resulta numas cenas angustiantes, de fazer doer o coração, mas a Bree não é estúpida, e depressa percebe quando a estão a tentar tramar, e dar-lhe cabo do romance com o Archer. Até havia oportunidade para um triângulo-amoroso, mas nunca chega a acontecer porque como disse, ela não é estúpida.

E com isto fiquei fã da Mia Sheridan, tenho de ler mais coisas desta senhora, porque ela sabe o que está a fazer. RECOMENDO EM MAIÚSCULAS!

5stars

ENGoodreads | Amazon


One Response to “Archer’s Voice”


  1. 1 Favoritos ~ 2014 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: