Nine Rules to Break When Romancing a Rake

09Jun14
nine-rules-to-break-when-romancing-a-rake
Autor: Sarah MacLean
Série: Love by Numbers, #1
Editora: Avon
Publicação: Março, 2010
Formato: Paperback
Páginas: 422
Idioma: Inglês

Sinopse: A lady does not smoke cheroot. She does not ride astride. She does not fence or attend duels. She does not fire a pistol, and she never gambles at a gentlemen’s club.
Lady Calpurnia Hartwell has always followed the rules, rules that have left her unmarried—and more than a little unsatisfied. And so she’s vowed to break the rules and live the life of pleasure she’s been missing.
But to dance every dance, to steal a midnight kiss—to do those things, Callie will need a willing partner. Someone who knows everything about rule-breaking. Someone like Gabriel St. John, the Marquess of Ralston—charming and devastatingly handsome, his wicked reputation matched only by his sinful smile.
If she’s not careful, she’ll break the most important rule of all—the one that says that pleasure-seekers should never fall hopelessly, desperately in love.

add to goodreads

Opinião:

Andava há ene para experimentar Sarah MacLean, especialmente este Nine Rules, que é bastante aclamado dentro do género, mas, bah, ficou muito aquém das minhas expectativas.

A heroína, Calpurnia, é uma spinster/wallflower, que se cansa de fazer sempre o que é esperado de uma rapariga na situação dela—que é basicamente nada, enquanto espera por um homem que queira casar com ela—e faz uma lista de coisas que ela quer experimentar, do género, beber álcool num bar, assistir a um duelo, beijar alguém, e por aí. Entretanto o love interest, Gabriel, vai ajudá-la.

Não sei exactamente porque é que este livro não me cativou, porque não houve assim nada que tivesse odiado, mas a verdade é que desde o início que não me consegui importar com as personagens, nem com o rumo—tão previsível—da história.

Três pet peeves em concreto: 1. incomodava-me sempre que a Calpurnia mentia—acontece tantas vezes, e também porque era tão fácil perceber que ela o estava a fazer; 2. o Gabriel é muito bruto e imposing para o meu gosto, e 3. as cenas hot não fizeram nada pelas minhas lady parts—talvez porque não fui à bola com o love interest.

Também acho que este livro é longo demais para a história que conta—há ali várias partes chatas que podiam muito bem ter ficado de fora. Resultado, ainda tinha prai 200 páginas para ler e já estava farta, mortinha para que o livro acabasse.

Em princípio devo saltar o segundo livro da série, e ler o terceiro um dia destes, porque é o livro da irmã do Gabriel, que foi a minha personagem favorita neste.

2stars
Goodreads | The Book Depository


No Responses Yet to “Nine Rules to Break When Romancing a Rake”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: