Série Percy Jackson and the Olympians

12Mar14
percy-jackson-the-lightning-thiefAutor: Rick Riordan
Série: Percy Jackson and the Olympians, #1 – #5
Editora: Disney Hyperion
Publicação: 2005 – 2009
Formato: Paperback
Páginas: 1824
Idioma: Inglês

Sinopse: Percy Jackson is about to be kicked out of boarding school… again. And that’s the least of his troubles. Lately, mythological monsters and the gods of Mount Olympus seem to be walking straight out of the pages of Percy’s Greek mythology textbook and into his life. And worse, he’s angered a few of them. Zeus’ master lightning bolt has been stolen, and Percy is the prime suspect.
Now Percy and his friends have just ten days to find and return Zeus’ stolen property and bring peace to a warring Mount Olympus. But to succeed on his quest, Percy will have to do more than catch the true thief: he must come to terms with the father who abandoned him; solve the riddle of the Oracle, which warns him of betrayal by a friend; and unravel a treachery more powerful than the gods themselves. ~ The Lightning Thief

add to goodreadsOpinião:

Percy Jackson era uma daquelas séries que me perseguia aos anos—quis começar a lê-la quando saiu o primeiro livro, quando saiu o último livro, quando saiu o primeiro filme, quando saiu o primeiro livro da nova série, quando saiu o segundo filme, por muito que ouvisse dizer que era mau, tão mau; quis começar a lê-la numa leitura conjunta com a quigui, e acabei por me esquecer—SORRY, SORRY AGAIN—e acontece que acabei por começar a lê-la assim sem mais nem menos, num dia aleatório em que tirei o Lightning Thief da estante.

percy-jackson-the-olympians-seas-of-monsters-book-cover

O Percy começa a história como um miúdo normal que é expulso de muitas escolas, não que ele seja rebelde, ou mal-criado, muito pelo contrário, mas acontecem sempre coisas estranhas à volta dele, e mesmo sem ele ter culpa, acaba sempre por ser convidado a abandonar o estabelecimento de ensino que frequenta de momento. No início do Lightning Thief ele descobre finalmente o porquê das estranhezas—ele é filho de uma humana, com um Deus, Poseidon, o que significa que andam sempre monstros atrás dele, monstros que só os demigods, e demais criaturas ligadas a este mundo, conseguem ver.

Cada livro da série conta uma parte da luta do Percy contra o Titã Kronos, que pretende vingar-se dos Deuses, destruir o Olympus, e tomar conta do mundo; e tanta, mas tanta coisa, coisa vai acontecer pelo caminho—ele vai lutar contra criaturas de toda a espécie, vai fazer amigos e inimigos, vai completar quests, desvendar e viver profecias, apaixonar-se (PERCABETH!!), correr risco de vida sei lá eu quantas vezes, liderar o Camp Half-Blood em batalha, e isto é só mesmo um cheirinho.

titan's-curseParte da magia destes livros para mim está na mitologia, é tão fácil e divertido aprender sobre os Deuses Gregos com o Rick Riordan; e as ligações que ele faz entre as personagens, lugares, e acontecimentos actuais, com personagens, lugares e episódios mitológicos são geniais. Não vou mentir, quando comecei a ler e percebi que o Olympus estava por cima de Nova Iorque fiquei de olhos arregalados e sobrancelhas levantadas, Say whaaat, Riordan? Mas tão depressa estranhei, como entranhei.

É fácil perceber porque é que esta série é tão adorada nos Estados Unidos (e em todo lado), a história passa-se lá, o Percy anda por vários Estados, e há naturalmente ene referências a lugares e edifícios que, até para mim que nunca visitei os States, fazem sentido—por exemplo, o facto de ser possível chegar ao Olympus a partir do Empire State Building (basta apanhar o elevador até ao andar #600); ou da entrada principal para Hades ser em Los Angeles.

battleofthelabyrinth

Por norma, não leio, ou aprecio muito livros contados pela ponto de vista de rapazes, muito menos rapazes com a idade do Percy, ele só tem 12 anos no primeiro livro, 16 no último, mas estranhamente isto nunca me incomodou, e até foi refrescante porque, verdade seja dita, os POVs femininos conseguem ser muito homogéneos, especialmente em young-adult, que é o que eu mais leio, e foi uma lufada de ar fresco de súbito ver o mundo pelos olhos do pragmático do Percy.

O romance também me surpreendeu, afinal o Percy e a Annabeth são dois putos, e ainda por cima a história é sempre contada pelo ponto de vista dele, por isso não há aqueles momentos… mushy mushy, mas antes cenas adoráveis em que o Percy olha para a Annabeth e fica nervoso, cora, não sabe para onde olhar; em que ele acha que ela tem cabelo de princesa, e que é mais bonita do que a própria Afrodite. Já para não falar naquela cena no Last Olympian em que a memória da Annabeth é literalmente a única coisa que o salva quando ele decide tomar banho no Styx. Esta cena deixou-me num estado emocional daqueles.

the-last-olympianPor falar na Annabeth, ela é a minha personagem favorita da série, faz-me lembrar muito da Hermione, porque ambas são extremamente corajosas, inteligentes, leais, e sem papas na língua. Adoro como ela trás sempre o coração na manga—acho que toda a gente percebe que ela gosta do Percy (e ele dela), embora ele seja um toninho e demore ene a fazer algo acerca disso, mas não há lugar para grandes dramas nesta relação, até porque o mundo está em perigo, e eles são tão jovens ainda.  Oh, to be young and in love!

Mas nem tudo são fun and games, o autor não poupa o caminho do Percy a desgraças, e o último livro é especialmente marcante—chorei que nem uma desalmada.

Cada livro da série é melhor que o anterior em todos os aspectos, e como de momento também já li o primeiro volume da série seguinte, The Heroes of Olympus, que é a continuação desta, com um novo inimigo e novas personagens à mistura, posso afirmar que as coisas ficam ainda melhores.

Recomendo, sem reservas, a miúdos e graúdos; e especialmente a fãs de Harry Potter que têm saudades de se apaixonar por uma série do género. Os primeiros quatro livros estão disponíveis em português pela editora Casa das Letras, e tudo.

4stars

Goodreads | WOOK | The Book DepositoryUK | The Book Depository.com

**Nota: Não vejam os filmes! Pelo menos antes de lerem os livros, ou lá se vai a vontade de ler Percy Jackson. São mesmo muito maus, a história está toda distorcida, e as personagens nem parecem as mesmas. >_>

Advertisements


9 Responses to “Série Percy Jackson and the Olympians”

  1. Há poucos dias sonhei que estava a ler Percy Jackson! Quando acordei pensei “Jeez, o que anda a Jen a fazer-me?? Uma lavagem cerebral???” xD

    Isto porque nunca tive vontade de ver a série graças aos trailers dos filmes e agora tu não te calas com isto e estás a deixar-me curiosa e, quer dizer…

    Eu sonhei com isto!!!! De estar a ler e a pensar “Afinal isto é bom!” o.O

    • 2 p7

      Patrícia Maria, tu não te metas a ver os filmes, nunca!!! O primeiro filme é tão horrível, e muda os pormenores todos, e tudo o que tinha piada no livro, e tem totalmente as culpas por me ter matado um bocado a vontade de continuar a ler os livros. (Fiquei no segundo.)

      De resto, apoio a jen, devias experimentar ler. A parte da mitologia é bem gira, e tem aquela aura que o Harry Potter também dava nos livros iniciais, de ser uma aventura com miúdos a salvar o mundo, o que
      é tão divertido. 😉

      O problema com as edições em português é que tanto na Wook como na Fnac só o primeiro livro é que aparece como disponível… :/ Além de que vai fazer quase dois anos desde que publicaram o quarto livro, nem sei se vão publicar o último desta série… 😦

    • OMG, os filmes são mesmo maus em comparação com os livros, até não desgosto do Logan Lerman como Percy, e o Grover é engraçadito, mas devem ser as única coisa que tolero, de resto é uma palhaçada. Eu vi o Sea of Monsters depois de ler a série e fiquei WHAT THE F*CK, a história nem é a mesma. Mas o que mais me chateia é a Annabeth versão filme, é que não tem nada a ver. Não estou a reclamar por causa da atriz, ela não tem culpa, é mesmo quem escreveu a personagem, é totalmente diferente. A Annabeth dos livros é badass, uma guerreira, e resolve os problemas pelos próprios meios, a Annabeth do filme parace só uma sidekick coitadinha que tem de se esconder atrás do Percy. Fiquei mesmo danada. >_>

      @Patricia YUUUUSSS!! são os meus updates no Goodreads? xD olha a sério, se gostas de Harry Potter vais gostar desta série de certeza. Os primeiros livros são assim mais middle-grade—tal como o HP—mas depois vira young-adult, e esta segunda série do Heroes of Olympus é estupidamente melhor. Estou tão contente por ter começado a ler Rick Riordan, neste momento ando a comprar tudo dele, ainda ontem encomendei o box set das Kane Chronicles que estava a bom preço! *HAPPY DANCE* 😀

      @p7 Pois… e possivelmente vai ser outra série que vai ficar inacabada em português…
      Aah, tens de continuar a lê-la um dia destes se foram só os filmes os culpados por não teres mais vontade! Ainda por cima porque a segunda série é estupenda. Mas eu percebo, os filmes são ridiculos, acho que até a mim me tinha matado a vontade se os tivesse visto antes de acabar a série. U_U

      • 4 p7

        OMG, ainda te foste sujeitar à tortura do Sea of Monsters? *medo* 😛

        Bem, o meu receio é que a péssima, péssima experiência que foi o filme me dê cabo da leitura. Enquanto me lembrar daquele desastre não sei se posso continuar a ler. xD E acho que parte de mim ainda estava à espera que publicassem o último livro antes de me arriscar a ler o resto, o que parece que não vai acontecer. 😦 Este país é uma desgraça… 😐

      • p7@ Está descansada!! Como te disse, os trailers evitaram que visse os filmes e assim o continuarão a fazer 😉

        Oh, oh, oh Harry Potter com mitologia grega???*.* Contem-me mais *ar lunánitco na cara*

        Edições em pt, séries em pt -.-‘ Se me meter nesta vai ser mesmo em inglês, ainda por cima agora que me habituei, já não quero outra coisa!

        Jen@ Os updates no Gr, os posts no blog… Jen tu andas a perseguir-me com isto!!!! Eu não gosto de Harry Potter… Eu ADORO HP! Gostar é uma palavra tão sem sal para se juntar a um nome tão… grandioso como Harry Potter… loooool

      • Estou a fazer um bom trabaho então xD

        É assim, o Harry Potter tem um mundo mais sofisticado, e muito mais complexo, mas em termos de aventuras estão 50-50. O Percy e a trupe dele (Grover e Annabeth e mais uns sidekicks de que não posso falar porque é spoiler) não param um bocado. Eles para completarem uma quest, metem-se numa carga de trabalhos do principio ao fim dos livros, e adoro o sentido de humor do Percy, ele é assim para o sassy. O último livro é especialmente mexido e emocionante. E depois ele e a Annabeth já são mais crescidos e o romance é super fofo.

        Já tinha tantas saudades do Percy! ele não aparece no primeiro livro do Heroes of Olympus, mas já aparece neste que ando a ler, o Son of Neptune. Só me falta a Annabeth 😦 Mas ele a apensar nela é totalmente AWWWW.

        És bem capaz de gostar!

        E depois a melhor parte de gostar desta série é a fanart, há tanta coisa linda, tipo
        percabeth

      • Estás sim senhora xD

        Pelo menos já estou entusiasmada!

        Oh que imagem mais fofaaaaaaaaaaaaaaaaa =O *.*

      • Percabeth ❤


  1. 1 Favoritos ~ 2014 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: