As Escolhas do Dálmata 2013

26Dez13

as-escolhas-do-dalmata-2013-banner

E chegou aquela altura do ano, altura de escolher os favoritos, yay!!😀

Não li tanto quanto esperava ler este ano, foi uma vergonha, tinha-me desafiado a ler cerca de 100 livros no Goodreads, e fiquei-me por metade. Mas isto não quer dizer que o ano foi mau em termos de leituras, muito pelo contrário, até porque estes favoritos que vou listar foram livros que me deixaram totalmente de rastos, no bom sentido. Sem dúvida que tenho aqui novos autores para a lista “LER ABSOLUTAMENTE TUDO DE”.

Claro que nem tudo foram rosas, e 2013 também foi em grande pela negativa, da mesma forma que juntei autores à tal lista, risquei alguns que já lá estavam, mas como não vale a pena falar de cenas tristes, siga:

Os Melhores do Ano

As cinco estrelas!😀

Cinder e Scarlet de Marissa Meyer

Opinião ǀ Goodreads ǀ Book Depository.com ǀ Book Depository UK

Já não me lembrava de gostar tanto de um, neste caso de dois, fairytale retellings, prai desde o East da Edith Pattou, ou o Book of a Thousand Days da Shannon Hale. Isto é tão, tão bom, minha gente. Quem não conhece a Cinder, a Scarlet, a Iko, não sabe o que anda a perder! Eu sei, eu sei, uma protagonista parte cyborg pode parecer uma idea muito estranha, e confesso que quando o saiu o primeiro livro, não corri a comprar uma cópia porque achei que não me ia conseguir identificar com uma personagem assim—pois estava errada, às vezes acontece. E quando achei que a Cinder era o melhor que a Marissa Meyer me podia dar, entra a Scarlet, e o meu cérebro faz poof.

 * * *

Angelfall e World After de Susan Ee

Opinião ǀ Goodreads ǀ Book Depository UK ǀ Book Depository.com

Alerta nova autora e série favoritas! Oh meu Deus, Penryn. A sério, este é o ano das BAMFS, das heroínas que me enchem de orgulho e que só me fazem desesperar por mais. Se tivesse um pódio tinha de enfiar a Penryn e a Scarlet no primeiro lugar porque é mesmo impossível escolher uma favorita entre as duas. É aquela situação: heroínas-anti-mary-sues-que-mesmo-não-sendo-perfeitas-não-decepcionam-uma-única-vez.

Preciso do próximo livro . ;___;

* * *

The Diviners de Libba Bray

diviners-2Opinião ǀ Goodreads ǀ Book Depository UK ǀ Book Depository.com

Ele é romance, ele é thriller, ele é YA, ele é ficção histórica, ele é murder-mystery, horror, paranormal, magia, fantasmas, também tem ali uma vertente steampunk; a heroína é simplesmente fenomenal, idem para as personagens secundárias, a escrita é Libba Bray no seu melhor. Opá, o que é que me falta dizer?

 * * *

Alienated de Melissa Landers

alienatedGoodreads ǀ Book Depository.com ǀ Book Depository UK ǀ Amazon

Ainda não fiz a review, mas há-de chegar o dia. Surpreendente este debut da Melissa Landers que tive a oportunidade de ler graças à NetGalley. Achava que o Alienated ia ser apenas mais um YA paranormal entre muitos, mas oh caraças, estava enganada. Deixou-me esticadinha, a afogar em feels, com calores, à espera de mais. Já tenho uma cópia em pre-order, e nem é bom pensar que a sequela vai demorar horrores.

* * *

The Sum of All Kisses de Julia Quinn

SUMOFALLKISSESOpinião ǀ Goodreads ǀ Book Depository.com ǀ Book Depository UK ǀ Amazon

Julia Quinn no seu melhor. Já tinha saudades de um casal destes, quer dizer, eles são sempre bons, mas há uns mais memoráveis do que outros, e sem dúvida que a Sarah e o Hugh já fazem parte da minha galeria all stars. A melhor parte é que este livro nem é só bom por causa dos protagonistas, mas porque Julia Quinn continua uma rainha a escrever personagens secundárias, assim como situações familiares bicudas e adoráveis.

* * *

Raven Flight e Prickle Moon de Juliet Marillier

Opinião ǀ Goodreads ǀ WOOK ǀ Book Depository.com ǀ Book Depository UK

Já não sei o que dizer, chego a um ponto que se me esgotam as palavras para descrever a Juliet e o meu amor louco pelos livros dela.

O Raven Flight foi quase tão bom como Shadowfell, faltou-lhe um bocadinho assim chamado: mais Flint. Já o Prickle Moon foi o responsável por uma crise de choro daquelas, daquelas em que a certo ponto parece que se vão esgotar as lágrimas porque já se chorou tudo o que havia para chorar. Foi extremamente violento assim de repente ficar a saber pormenores da vida do Ciarán bebé, extremamente; e ainda por cima voltar tão atrás no tempo Sevenwaters que a determinada altura fiquei histérica a pensar OH MEU DEUS A SORCHA ESTÁ VIVA!! E O RED! SERÁ QUE ELES ESTÃO A FAZER A NIAMH OU A LIADAN NESTE PRECISO MOMENTO?? Isto é demais para o meu coração de fangirl. DEMAIS.

CRY94

* * *

As Menções Honrosas

As quatro estrelas—leituras que recomendo tanto quanto as cinco estrelas, ainda que sem a mesma urgência. Já disse isto num Top Ten Tuesday, e repito, o Shatter Me e o Across the Universe também podiam estar aqui listados, mas como as sequelas não foram do meu agrado, perdi muito daquele amor inicial que tinha por estes livros e não consigo dar-lhes um lugar neste post.

Easy de Tammara Webber ǀ Opinião ǀ Goodreads

The Lightning Thief e The Sea of Monsters de Rick Riordan ǀ Goodreads

These Broken Stars de Amie Kaufman e Meagan Spooner ǀ Opinião ǀ Goodreads

Prized de Caragh M. O’Brien ǀ Opinião ǀ Goodreads

Hopeless de Colleen Hoover ǀ Goodreads

The Assassin’s Curse e The Pirate’s Wish de Cassandra Rose Clarke ǀ Opinião ǀ Goodreads

* * *

Os Piores do Ano

  • Unravel Me de Tahereh Mafi
  • The Host de Stephenie Meyer
  • Allegiant de Veronica Roth
  • Endless Knight de Kresley Cole
  • A Million Suns de Beth Revis
  • Austenland de Shannon Hale
  • Veil of Shadows de Shiloh Walker

* * *

Cinema & TV

Este foi o ano em que comecei a ver American Horror Story e The Walking Dead, e sabe-se lá como mas fiquei fã de ambas as séries; no entanto, em termos de estreias, a minha favorita de 2013 foi Hannibal, eeek, tão horrível mas tão bom. A segunda temporada começa em Fevereiro! Somebody please help Will Graham.

E aqui fica uma menção honrosa para o Sleepy Hollow que entretanto parei de ver.

No cinema, destaco o Homem de Ferro 3, que me fez rir que nem uma maluca, o Catching Fire que me fez chorar que nem uma madalena arrependida, e os meus favoritos, que me fizeram rir e chorar e tudo e tudo e tudo, Thor: O Mundo das Trevas e o Frozen que é ma-ra-vi-lho-so.

A menção honrosa vai para O Hobbit: A Desolação de Smaug, Kili, NO!!!

A desilusão do ano foi o Man of Steel, embora eu tenha gostado do filme, mas em comparação com o Iron Man 3 e o Thor 2 ficou muito aquém. É aquela velha história da DC pecar sempre por excesso, excesso de destruição, excesso de tragédia e de drama, e o facto de raramente conseguir dar uma pontinha de graça aos filmes e aos heróis. É que saio sempre de um filme da Marvel super bem disposta, enquanto que os filmes da DC fazem-me sair do cinema com uma nuvem negra a pairar-me sobre a cabeça.

E pronto, acho que é tudo, próximo post: giveaway!😀



5 Responses to “As Escolhas do Dálmata 2013”

  1. 1 pliterario

    Ai, que gosto tanto das tuas escolhas do ano. xD Palmas para a Marissa Meyer e as suas maravilhosas criações literárias (ando eu aqui a morrer do coração à espera do Cress!), e também me parece que vou gostar dos da Ee (pelo menos as tuas opiniões aguçaram-me o apetite) e embora ainda ande meio às voltas com a Bray, como agora tenho comigo a versão PT, quero ver se lhe volto a pegar para terminar de vez (ao que me parece que também vou gostar). Mas o que eu quero mesmo saber é… a tua opinião do Alienated!!!!!!! xD

    • O único que ainda não tem review! xD É tão bom, no início parecia só mais um YA contemporâneo com aliens jeitosos, mas opá É TÃO GIRO.

      Marissa Meyer!! Eu se me apanho com uma cópia do Cress nas mãos…. só espero que ainda haja tempo de antena para a Scarlet e o Wolf… o meu ship :3

      O Angelfall. *siiiiiiigh*

  2. Olá, confesso que exceptuando Juliett Marillier não conheço mais nenhum (UPS! Mea Culpa)
    Estive a ler o teu “Best-Of”. também comecei a ver “Hannibal” como fã de Thomas Harris e do personagem Will Graham. e…. desisti ao fim de 8 episódios. muito paradinha e aquele Willl, não me conseguiu cativar.
    Quanto a TV este ano, continuo com as mesmissimas séries.
    Downton Abbey, True Blood, American Horror Story e The Walking Dead (SEMPRE), também Revenge (cada vez melhor) e claro “Era uma Vez”
    Aproveito para te desejar um feliz 2014, sempre com boas histórias para ler.
    N.

    • Olá Nuno! aah mas se conheces a Juliet já fico feliz🙂

      Opá, que pena que paraste de ver Hannibal, mas compreendo, eu também comecei a ver Sleepy Hollow e se não estou em erro também parei por volta do epi 8.:/

      The Walking Dead! nem acredito que demorei tanto tempo a começar a ver esta série, pensei que aquilo era só matar zombies e afinal estava enganada, oh meu deus, os feels. Viste o mid-season finale da última temporada?? ainda estou em choque O_O

      Obrigada e igualmente! um bom 2014🙂


  1. 1 Giveaway ~ As Escolhas do Dálmata 2013 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: