Mini-opiniões: Dearly Departed, The Collector, Austenland

28Jun13
dearly-departedDearly Departed
Em português: Eterna Saudade
Autor: Lia Habel
Série: Gone With the Respiration, #1
Editora: Corgi
Data de publicação: Jun, 2012 (1ªed. 2011)
Formato: Paperback
Páginas: 450
Dystopia Reading Challenge 2013 ~ 9
 

Opinião: Mmm, custa-me dizer isto mas este aborreceu-me, embora tenha de tirar o chapéu à autora pelo worldbuilding e pela maneira como ela usou o tema dos mortos-vivos, porque achei tudo muito original, bem pensado e explicado. Claramente ela não escreveu este livro em cima do joelho, e ao contrário do que possa parecer, esta não é só mais uma história sobre uma rapariga em apuros e um moço que não é exactamente humano, que se apaixonam mas que em princípio não podem ficar juntos—não, há mais coisas a acontecer. No entanto, a meu ver, foram coisas a mais. Especialmente os POVs, credo Lia, não havia necessidade… bastava a Nora e o Bram como narradores, todos os outros: boooooring. Para ser sincera, na parte final até passei capítulos à frente porque já não tinha grande paciência.

2stars

Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com

* * *

 
collector
The Collector
Autor: Victoria Scott
Série: Dante Walker, #1
Editora: Entangled Teen
Data de publicação: Abril, 2013
Formato: Paperback
Páginas: 352

Opinião: Desilusão. Não é que a experiência tenha sido negativa, honestamente não houve assim nada que me desagradasse a ponto de querer parar de ler ou atirar o livro pela janela fora, mas no geral também não me impressionou—no fim fiquei com aquela sensação: eh, é só isto? O que acontece é que o Dante trabalha para o Demo e o que ele faz é vaguear pela Terra a entregar selos às pessoas que fazem maldades, e quando alguém atinge o limite significa que quando morrer a alma vai automaticamente para o inferno. A missão do Dante neste livro é a de levar a Charlie a este extremo, ela que é uma miúda tão inocente que ele tem de suar para a corromper um bocadinho que seja.
Algumas partes foram engraçadas, mas sem dúvida que falta profundidade quer ao Dante, quer à Charlie; ainda assim acho que o meu grande problema com o The Collector foi o do costume com este tema, eu bem tento mas aquela fantasia de que a morte/céu/inferno é uma organização, ou um negócio, com grim reapers, anjos da guarda, collectors, e mais não sei o quê, nunca me convence.

2stars

Goodreads ǀ Book Depository.co.uk ǀ Book Depository.com

* * *

austenland
Austenland
Autor: Shannon Hale
Série: Austenland, #1
Editora: Bloomsbury
Data de publicação: Ago, 2010 (1ªed.2007)
Formato: Ebook
Páginas: 180

Opinião: Wow, um livro mau pela autoria da Shannon Hale, nunca pensei chegar a ver o dia. Ela vai continuar a ser uma das minhas autoras favoritas claro—BOOKS OF BAYERN!!!—no entanto a partir de agora vou-me manter afastada de coisas que ela escreva fora da fantasia, porque realmente esta experiência não correu nada bem. Austenland é uma espécie de Pride&Prejudice/Sense&Sensibility contemporâneo, e o cenário é um parque temático em que toda a gente se veste e comporta como se vivesse na Era da Regência—ou dentro de um livro da Jane Austen; a protagonista é uma mulher solteira, na casa nos trinta, fanática pelo Mr.Darcy, e que durante toda a vida só teve desgostos amorosos. Inicialmente até achei alguma graça, e gostei da voz da heroína, mas a partir do momento em que ela chega à Austenland, a história passa a ser totalmente descabida. Ainda assim acho que é capaz de resultar num filme bem giro, porque este livro tem todo o vibe disso, de script de comédia romântica (sem grande sentido, como elas são sempre).

1star

Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com
Advertisements


7 Responses to “Mini-opiniões: Dearly Departed, The Collector, Austenland”

  1. 1 p7

    Ok, estas tuas mini-opiniões são de deixar uma pessoa deprimida. xD Não me tinha ficado a ideia, pelos teus comentários, de teres gostado tão pouco do Dearly Departed… E ainda defendo que a Pamela merecia um POV, aquela miúda é badass. 😉

    • I know… os meus posts de mini-opiniões são quase sempre para leituras que não correram muito bem. Existe um padrão, sem dúvida.
      Até começou bem o DD mas cheguei prai a metade e já tinha que me obrigar a ler. :s A Pamela não é má personagem, mas para mim está a mais como narradora, ela e os outros que não o Bram e a Nora… foram muitos povs e coisas a acontecer ao mesmo tempo, perdi-me completamente. O_O Mas atenção que isto acontece-me quase sempre que há mais do que dois povs num livro, não é exclusivamente problema do DD. *sigh*

      • 3 p7

        Faz mini-opiniões para os bons livros também… deves ter alguns por comentar. 🙂 Quero ver-te super-hiper-mega animada por causa dum livro… tenho de esperar pela opinião do Raven Flight? 😀

        É por isso que não te aproximas do George Martin? Se calhar ele era capaz de te fazer mudar de ideias sobre os POVs, apesar de serem muitos ele consegue geralmente equilibrá-los para revelar as coisas. 😉 São muitas personagens ao início, mas chega a uma certa altura em que fica tudo mais claro e começas a fazer de cheerleader de certos personagens; e depois vem o autor e começa a matar personagens a torto e a direito, o desgraçado. xD

      • Provavelmente .. xD também já não falta muito, claro que da maneira que andam as entregas … não recebi nadinha esta semana :O

        Não quero conversa com o Martin porque o homem não me ia conseguir dar finais felizes, só pela quantidade de personagens boas que vejo morrer na série (que também não vejo mas que fico a sempre a saber porque tanta gente que sigo no tumblr posta coisas sobre GOT). Também confesso que autores masculinos em fantasia (e no geral) não são os meus favoritos, por isso tento manter-me longe. ;_____;

        EDIT:
        hoje vi este gif e lembrei-me que querias ver a Izzy em acção com o chicote, tadah! (isto é, se ainda não tinhas visto entretanto)
        izzy

      • 5 p7

        CHICOOOOTE!!! 😀 Só vi agora o gif… ^_^ Agosto nunca mais chega…

  2. O Austenland também não foi das melhores leituras que já fiz, valeu ser em áudio e a narradora ser excelente. Ri tanto com a veia ninja da protagonista. xD

    • Ela é muito doida de facto, e tem umas saídas engraçadas, pena que a história em si seja muito meh, o romance é terrível. :s


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: