Cinder e Scarlet

29Abr13
cinder-scarlet
Em português: Cinder | Scarlet
Autor: Marissa Meyer
Série: The Lunar Chronicles #1 | #2
Editora: Puffin (2012 | 2013)
Formato: Paperback
Páginas: 387 | 352
Idioma: Inglês
Dystopia Reading Challenge 2013 ~ 7 | 8

Opinião:

Dupla review! Hehe, já não fazia isto há muito, mas tenho tantas em atraso que tem de ser.

E pronto, finalmente li o Cinder, depois de praticamente toda a comunidade blogger e GR não se calar com o dito. Confesso que estava um tanto céptica, uma protagonista parte cyborg era simplesmente estranho, mas lá veio o dystopian reading challenge, e o read-along e quis ler a coisa. Acontece que ele acabou por ser uma bela surpresa, por tantas razões mas especialmente porque adorei a heroína. :3

Suponho que o título e a capa não enganem vivalma, claro está que Cinder é baseado no conto da Cinderella, embora visualmente aquela capa esteja errada (a menos que já seja a Cinder a praticar glamour), no entanto a autora conseguiu criar um whole new world para esta história, e isto misturado com uma Cinderella cyborg que não aceita sh*t seja lá de quem for, e uma sidekick robótica completamente adorável—IKO!!! <3—funciona às mil maravilhas.

A Cinder vive num mundo em que toda a gente despreza os cyborgs e embora ela nunca se comporte como vítima, é de cortar o coração a maneira como a tratam e se esquecem de que ela é mais humana do que máquina, e tal como ela diz várias vezes, não foi ela que escolheu ser assim.

Como não podia deixar de ser há um baile, um “sapato” que fica para trás, uma madrasta malvada que nem sequer é a grande vilã da história, e um love interest que vou preferir deixar de lado porque foi a única coisa que odiei neste livro, e estou a fazer figas para que a Cinder dê numa de Merida e que no fim da série acabe solteira e feliz da vida, possivelmente a viajar pelo mundo fora com a Iko, hell yes. Melhor sozinha do que acompanhada por um douchebag que te atira aos lobos sem pensar duas vezes, pensa nisso, Cinder, pensa nisso, make me proud. 

Eeeee esta dos lobos agora teve graça porque é literalmente o que o love interest da Scarlet faz no segundo livro.

lol6

Mas espera, espera, eu gostei imenso do love interest da Scarlet, aquele big bad wolf que erra mas que corrige os seus erros logo a seguir, algo que certos imperadores da treta não conseguem fazer porque estão muito ocupados a olhar para o vazio. MOTHERF*CKER.

Adiante.

O segundo livro é tão ou mais crack-book como o primeiro, tem de se ler quase sem parar, ou só parar porque enerva pensar no que vem aí; mais uma vez a heroína é totalmente badass, destemida e rebelde sem igual, e eu adorei-a com uma paixão *daquelas*, a sério, desenvolvi alta girl-crush pela Scarlet, quero ser como ela quando for crescida. :3

Scarlet tem o conto da Capuchinho Vermelho como base, e tal como fez com a Cinderella em Cinder, a autora consegue dar a esta Red uma história própria e totalmente diferente, embora o esqueleto esteja lá; o que se passa é que a moça quer encontrar a avó desaparecida, e um tipo misterioso, Wolf, vai ajudá-la; pelo caminho eles ainda se vão cruzar com a Cinder e a sua trupe—sim porque este segundo livro divide o protagonismo entre ambas as heroínas.

Scarlet também é muito mais romântico, há ali umas cenas num comboio que ui ui, e no geral, a meu ver, não falha em nada, pelo menos no que diz respeito à história da Scarlet, no entanto *MAIS UMA VEZ* o imperador da treta tinha de ter uns POVs para me azedar a leitura e não me deixar dar o rating que este livro merecia. Thanks a lot, douchebag.

Resumindo, é coisa boa, dois super favoritos do ano, sem dúvida. Leiam Marissa Meyer, fãs de distopias e/ou fairytales retellings ou não, don’t be a peasant.

5stars

Cinder ǀ EN ǀ Goodreads ǀ WOOK ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com
Scarlet ǀ EN ǀ Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com



10 Responses to “Cinder e Scarlet”

  1. 1 Helena

    Ahhhhhh como eu preciso ler! Eu já tinha visto resenhas do livro há decadas, mas tinha perdido o interesse, mas agora quero ler =P. Houvi falar que você não precisa ler o segundo para ler o primeiro.

    • Tens de ler Helena!! é muito boa a série! Não, tens de ler o primeiro antes, porque o segundo continua a aventura do primeiro, com a mesma protagonista e tudo.

      • 3 Helena

        Sério? X.X awww…enfim, mas lerei! Esse será o próximo YA que lerei e parece ser bem diferente.

      • A sério! tens mesmo de ler o primeiro, porque a história que começa no primeiro continua no segundo, embora no segundo já haja uma história nova também. É mesmo diferente de todos os YA que andam por aí, espero que gostes🙂

  2. 5 p7

    Estava eu aqui quietinha no meu canto, tendo abafado lá para o fundo a ansiedade acerca de faltar não sei quanto tempo até eu poder pôr as mãos no Cress, e agora ao ler a tua opinião voltei a ter saudades dum livro que ainda não li.😛 Nunca mais é Janeiro de 2014. *facedesk*

    • Sorry xD é o que faz ter ene reviews em atraso. Olha lá, o Cress vai ter de ser muito maior para dar tempo à Cinder, Scarlet e Cress de terem povs, ou achas que a Scarlet já não vai ter protagonismo? Às tantas passa a personagem secundária, pena.😦

      • 7 p7

        Ah, mas eu também tenho saudades das tuas opiniões, por isso são bem-vindas.😉

        Bem, eu gostava que fosse maior, mas isso é wishful thinking. Tendo o Scarlet como modelo, em que a Cinder e a Scarlet dividem o protagonismo, diria que a Cress terá que ter tanto book time como a Scarlet no seu próprio livro; talvez precise de um pouco menos, porque já conhecemos o Thorne (se ele for o protagonista masculino do Cress). Se a Cress estiver na vizinhança da Cinder e companhia, também vai facilitar as coisas em termos de enredo e precisar de menos POVs, se calhar.

        Depois o que sobrar seria dividido entre a Cinder e a Scarlet, mas tendo em conta que a longo prazo esta é a história da Cinder, suponho que a Scarlet deve ter um papel mais secundário. Mas acho que a autora não há de cortar completamente os POVs da Scarlet, porque é uma personagem forte e que agradou aos leitores.😉

      • aw, e eu já tinha saudades de as escrever. xD

        Pois, a Scarlet de certeza que vai ter menos tempo de antena *sad face* mas vou confiar na Marissa, de certeza que as poucas cenas que ela vai ter são muuuito boas, com POVs ou não. Ela é a minha heroína! :3

  3. It’s remarkable to visit this site and reading the views of all friends concerning this post, while I am also zealous of getting familiarity.


  1. 1 As Escolhas do Dálmata 2013 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: