De livros para filmes update (16): Delirium, e The 100

03Mar13

Delirium

A Hana:

Jeanine Mason-hanaJeanine Mason (22)

(Fonte: Deadline)

* * *

The 100

the_100.png

A vossa atenção, por favor, que quero falar do The 100.

Há muito que oiço falar desta série da CW que está a ser adaptada de um livro pela autoria de uma tal Kass Morgan e que ainda nem sequer foi posto à venda (sai em Setembro deste ano), a sinopse disponível no Book Depository diz assim:

In 3010, humanity lives in city-like spaceships orbiting far above Earth’s toxic atmosphere. No one knows when, or even if, the planet will be habitable again. But faced with dwindling resources, government leaders know they must reclaim their homeland …before it’s too late. Now a hundred juvenile delinquents are sent on a high-stakes mission to re-colonize Earth. After a brutal crash landing, the teens arrive on a savagely beautiful planet. Confronting the dangers of this rugged new world, they struggle to form a tentative community and to get over their dark pasts. In order to survive, they must learn to trust—and even love—again.

Totalmente Across the Universe meets Wall-e, right??

Mal. Posso. Esperar.

O elenco já tem algumas caras giras, aqui fica uma colagem—

the-100-castEliza Taylor, Marie Avgeropoulos, Eli Goree, Bob Morley, e Henry Ian Cusick.

…assim de repente só reconheço o veterano do grupo, o Henry Ian Cusick, ou o Desmond do Lost (Pennyyyy!!), mas de resto, nope. A protagonista vai ser a loirinha.

(Fonte: JustJaredJr)



17 Responses to “De livros para filmes update (16): Delirium, e The 100”

  1. 1 p7

    A Hana não era loira? Porque é que eles continuam a mudar os personagens, e porque é que eu continuo a preocupar-me com isto, já que eles se estão a lixar para a minha opinião, é que eu não sei. xD

    “(…) a hundred juvenile delinquents are sent on a high-stakes mission to re-colonize Earth. (…)” – Eles (a autora e os que estão a adaptar) sabem que eventualmente isto quer dizer sexo? Coisa que geralmente é evitada como a praga pela literatura YA. My point is, esta premissa é estúpida. Se fosse com adultos era capaz de fazer mais sentido, mas suponho que vou dar-lhes o benefício da dúvida.

    • Eu suponho que a ideia seja: eles chegarem lá enquanto são adolescentes, reconstruirem alguma parte do planeta, ou pelo menos transformá-la em algo habitável—e isto vai demorar uns anitos—e depois multiplicarem-se. Por essa altura já são adultos.
      Claro que estou a contar com plot twists, do género, algum grupo que sobreviveu de alguma maneira e ainda habita o planeta. Dunno.

      Pois, a Hana é loira de olhos azuis se não me engano. E esta moça tem tudo a ver. xD

      • 3 p7

        Veremos como é que corre, então… Estou a ficar um pouco cansada de tantas adaptações de livros.:/

        Pois, bem me parecia… outra mania irritante de Hollywood, andarem sempre a dar a volta à descrição de personagens por uma espécie de necessidade de preenchimento de quotas étnicas. Discriminação positiva continua a ser discriminação à mesma.:/

      • Isso é o trauma do falhanço Beautiful Creatures a falar. Pensa: ainda vamos ter Finnick este ano!! \o/

        Pode ser que ainda lhe mudem o visual, nah sei, é aquela coisa que calha sempre bem: a personagem é loira de olhos claros, toca a escolher um moreno de olhos escuros e vice-versa. xD

      • 5 p7

        Sim, vamos pensar no Finnick naquele fato só com a rede de pesca. xD

        Btw, desafio-te a não rir com isto: http://finalproblem.tumblr.com/post/44440085062/you-guys-just-want-me-to-get-yelled-at-dont

      • Oh meu Deus xD

      • 7 p7

        Eu ri um bocado em frente ao PC. Fui jantar. Voltei e ri ainda mais um bocado. Se lhe ponho a vista em cima outra vez vou rir novamente. xD

        E ainda mais off-topic, há esperança, alguém gostou do livro! http://www.goodreads.com/review/show/164602672

      • São horas e horas de diversão com o fandom sherlock no tumblr. xD

        Foi exactamente esta review que eu li que me deixou esperançosa de que ninguém morre! E já que a leste, já não é spoiler falar disso, a impressão com que fico é que a Lena não termina o livro com um dos rapazes mas que no futuro acaba por escolher um deles. Por isso não pode morrer nenhum dos três!! Yay!😀

      • 9 p7

        Oh, céus, acho que o fandom às vezes tem demasiado tempo entre mãos. No outro dia passei metade da tarde a ler teorias sobre como é que o Sherlock fez o salto, em vez de estar a fazer uma opinião. So many! Venha essa season 3, para não termos de sofrer mais. xD

        Bem, o Gale e o Peeta e a Katniss também sobreviveram. Não falemos de mim, que gostei do livro, mas e tu, gostaste do fim do Mockingjay? Pois. Portanto sobreviver não é garantia de nada. xD Especialmente quando vejo pessoas a dar 4,5 estrelas aos primeiros 80-90% do Requiem, e 1 estrela ao resto. Meu Deus, o que é que aquela mulher escreveu no fim que está a deixar toda a gente louca?

      • *gasps*
        Ah, lês as teorias dos outros, mas então e a minha?? Eu digo-te como é que ele fez o salto, foi exactamente assim (lol) : Ele saltou do prédio para aquele camião que estava estacionado na rua e que arranca mal a gente vê o plano da rua e o “Sherlock” esborrachado no passeio, ele diz ao John para não sair daquele lugar onde ele estava porque se ele se aproximasse mais vi-o a saltar para o camião (que btw, estava lá à espera do Sherlock a mando do irmão) mas daquele ângulo onde ele se deixa ficar não dá para ver a queda até ao fim, e o corpo que está caído no passeio é o do Moriarty. Agora a grande dúvida é, então como é que o John depois se aproxima do corpo e vê a cara do Sherlock? Bem, é aqui que entra o episódio anterior, o do Hound, onde é usada aquela droga que faz ter alucinações, alucinações de cenas de que temos medo e que estamos à espera de ver—aquele tipo da bicicleta que atropela o John antes de ele chegar ao corpo borrifou-o com essa droga, e o John quando chega ao passeio, vê o que espera ver. Suponho que a Molly tenha ajudado a trazer o corpo do Moriarty ou assim. E tadah!! é o que eu acho.
        Não sei se esta teoria é compatível com mais alguma que ande pelo tumblr, também já li algumas, a maioria envolvem máscaras e/ou duplos do Sherlock, que também faz sentido, por causa daquele episódio dos miúdos, quando a miúda olha para o Sherlock e grita, isto pode querer dizer que alguém usou uma máscara tipo Missão Impossível ao pé dela com a cara dele, ou então que há um gajo parecido com o Sherlock à solta na cidade.

        Eu não gostei do Mockingjay como um todo, principalmente porque a Katniss para mim não é a mesma, mas houve outras cenas que achei que não faziam sentido. :s Espero que não seja esse o caso do Requiem.

      • 11 p7

        Já tenho lido algumas variações da teoria do camião, mas não gosto muito dela. O passeio é muito largo e o camião está muito longe para ele saltar lá para dentro. Se o Sherlock saltou, gosto da teoria (http://finalproblem.tumblr.com/post/16150992025/as-promised-heres-my-current-theory-on-how) em que a pessoa alvitrava que aquilo era um camião de lavandaria, e que estava no passeio um daqueles carrinhos gigantes de recolha da roupa para amparar a queda. Encaixa com a mudança de posição do Sherlock no chão, em relação à queda, e não precisamos de gasear o John com o alucinogénio. O corpo do Moriarty não pode ser, creio que o Sherlock fez tudo o que pôde para o levar a matar-se, mas havia um grau de incerteza nessa acção e eles não podiam estar a torcer para que o Moriarty se matasse para terem um corpo. O fingir de morto é relativamente fácil, uns sacos de sangue aqui, e muita gente tem referido aquela bola com que o Sherlock estava a brincar no episódio como uma maneira de não ter pulso, se a colocares debaixo do braço numa certa posição creio que funciona, o fluxo de sangue é temporariamente travado e ficas sem pulso… no pulso.

        Para a coisa da miúda gritar gosto muito desta (http://finalproblem.tumblr.com/post/16962160223/loose-threads), a pessoa num post anterior andou a analisar os assassinos que queriam o código, mais os assassinos que o Moriarty contratou para o Watson, o Lestrade e a Mrs. Hudson – e chega à conclusão que dois dos assassinos podem ser fisicamente semelhantes ao Sherlock e ao John, e podem ser os raptores. O choque da miúda dever-se-ia à presença dos dois na sala, não só o Sherlock, pela conjugação de serem ambos muito semelhantes aos dois raptores. Para esta teoria contribui o facto que a miúda continua a gritar depois do Sherlock se afastar, mas o John ainda estar à frente dela. E gosto de ver a teoria de o assassino do Lestrade ser um polícia expressamente plantado na delegacia.

        Ainda li uma teoria completamente doida (http://eva-christine.tumblr.com/post/32560017981/reichenbach-explanation-richard-brook-was-real), mas que faria tanto sentido, sobre o Richard Brook ser real, a verdadeira identidade dele e que seria isso que o Moriarty queria que o Sherlock adivinhasse. É um bocadinho complicada, mas é tão boa.

      • ” eles não podiam estar a torcer para que o Moriarty se matasse para terem um corpo”
        Tens razão (embora eu ache que o Sherly sabia que ia conseguir que o outro desse um tiro nos miolos xD ele sabe tudo!), pode até não ser o Moriarty, (eu queria mesmo que fosse o corpo dele ali esborrachado *morbid*) mas é aí que entra outra vez a cúmplice Molly que trabalha na morgue e que pode muito bem ter atirado um corpo qualquer que tinha por lá de um dos outros andares do prédio.

        O que me vai fazer poof aos neurónios é se o Moriarty ainda está vivo, porque um salto ainda dá para encenar, mas um tiro nos miolos não. Mas custa-me imaginar uma terceira season sem o grande vilão.

        Aquele post sobre o Richard Brooks ser real ou não dá-me nós no cérebro, já tinha lido antes, mas resumindo aquilo quer dizer que o Moriarty é o Rumple, e o Sherly é a heroína que lhe descobre o nome, fazendo com que ele morra. Certo?

      • 13 p7

        Certo, foi também isso que apanhei da teoria. Fez muito sentido para mim porque ao ver o próprio episódio fiquei desconfiada de ele ter tanta informação e currículo como actor. E seria uma boa explicação para a obsessão do Moriarty com contos de fadas durante o episódio.

        Acho que ele morreu mesmo, como é que se simula um tiro pela boca sem morrer? Usar blanks rebentava-lhe os miolos à mesma, e acho que o Sherlock não se deixaria enganar por reproduções do som de um tiro ou assim. Não vou entrar por teorias malucas de clones e assim, porque isso já é FC, e não tem nada a ver com a série. :S Seria giro voltar a vê-lo, mas também sobrevivo sem ele, porque já chega de torturar o Sherlock com as loucuras dele. Eles que desencantem um Sebastian Moran.

      • E se à semelhança do que o Moriarty fez naquele episódio em que usava as pessoas com bombas em volta do corpo, e usava as vozes delas, o Richard Brooks também era um puppet nas mãos do verdadeiro Moriarty? xD *cérebro faz poof* Ou seja, o gajo ainda pode estar vivo, e pode decidir aparecer em carne e osso na terceira season, já que o puppet Richard Brooks estoirou os miolos.

      • 15 p7

        Hmmm, essa teoria do puppet é fixe, podia dar para trazê-lo de volta sem problema… não é inédita, fizeram uma coisa semelhante no Mentalista com o Red John, mas desde que não exagerem e façam do Moriarty um Red John (um personagem omnipotente que controla tudo e todos, e raios que nunca mais o apanham, ao ponto de enjoar), era uma boa ideia.🙂

      • Ainda por cima já ouvi rumores em como a terceira season poderia ser a última (noooooo!) e seria muito estranho, e totalmente anticlímax não haver Moriarty na possível despedida de Sherlock. Mas não sei. Ai que nervos, já filmavam aquilo e nos mostravam o que se passa!! baah

        Sabes que nunca me puxou o Mentalista? e nem sei porquê, até gosto do protagonista e acho imenso graça haver uma personagem chamada Lisbon, mas já tentei ver alguns epis e nunca chego ao fim de um. Lame. Parece ser assustador esse Red John.

      • 17 p7

        Não necessariamente, nas histórias originais o Moriarty morreu mesmo em Reichenbach Fall, e eles continuaram a apanhar criminosos e a ser completamente awesome. xD Acho que os escritores de Sherlock são suficientemente bons para escrever uma season sem ele.

        Espero é que não seja a última, mesmo que tenha de esperar dois anos por cada season, seja. Li algures que iam começar a filmar Sherlock em Março, mas também li que a maior parte dos actores ia voltar à NZ este ano para filmar coisas para o terceiro do Hobbit, que ainda estava muito incompleto… anyway, a minha previsão é cada vez mais real, só lhe pomos a vista em cima e tiramos as dúvidas em 2014.:/

        Oh, é uma série procedural, os episódios são sempre na mesma linha, com o Patrick a arranjar uma armadilha qualquer para o culpado se trair, não estás a perder nada. A série tem mais piada porque o Patrick tem uma personalidade Sherlock-like, em que descobre sempre tudo antes dos polícias, e tem um feitio difícil. O Red John é assustador, e uma ideia muito interessante como antagonista (matou a família do Patrick) – em certa medida lembra-me o Moriarty, na sua capacidade para chegar a toda a gente. Mas começou a tornar-se irritante, em quatro seasons nunca lhe pusemos a vista em cima, e há sempre um minion qualquer a fazer-se passar por ele. Chegou a um ponto em que o Red John parece quase um Deus, capaz de fazer tudo, até sobreviver à morte. Por isso é que não queria que ressuscitassem o Moriarty neste Sherlock, para não darem cabo do personagem.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: