Poison

26Fev13
poisonAutor: Bridget Zinn
Editora: Disney Hyperion (Mar 2013)
Formato: ebook, ARC
Páginas: 290
Idioma: Inglês

Sinopse: Sixteen-year-old Kyra, a highly-skilled potions master, is the only one who knows her kingdom is on the verge of destruction—which means she’s the only one who can save it. Faced with no other choice, Kyra decides to do what she does best: poison the kingdom’s future ruler, who also happens to be her former best friend. But, for the first time ever, her poisoned dart . . . misses.
Now a fugitive instead of a hero, Kyra is caught in a game of hide-and-seek with the king’s army and her potioner ex-boyfriend, Hal. At least she’s not alone. She’s armed with her vital potions, a too-cute pig, and Fred, the charming adventurer she can’t stop thinking about. Kyra is determined to get herself a second chance (at murder), but will she be able to find and defeat the princess before Hal and the army find her?
Kyra is not your typical murderer, and she’s certainly no damsel-in-distress—she’s the lovable and quick-witted hero of this romantic novel that has all the right ingredients to make teen girls swoon.

Opinião:

Fiquei em êxtase quando recebi o Poison da editora, via NetGalley—há muito que o cobiçava, quer pela sinopse prometedora, quer pela bela da capa, por isso: many thanks to Disney Hyperion pela oportunidade de o ler de borla e antes de ser publicado.

Honestamente pensei que este livro ia ser uma espécie de Poison Study a tender para o fairytale, e… acabou por não ser esse o caso, a parte do fairytale está lá, mas de resto não tem nada a ver. Obrigada scumbag brain por teres feito a associação sem teres bases para isso e eu sair desapontada no fim. <__<

O que se passa é que a Kyra, a protagonista, anda fugida depois de ter tentado assassinar a melhor amiga, que é nem mais nem menos do que a Princesa do reino, mas a coisa correu mal e agora ela tem de descobrir onde esconderam a Princesa de modo a terminar o serviço.

Eu sei, eu sei, mas que heroína é esta afinal? Uma assassina… what?? Por acaso gostei bastante da Kyra—ela é muito despachada e totalmente dona do seu nariz, já para não falar que sabe fazer um montão de coisas: é extremamente dotada no combate corpo a corpo, é uma potioner extraordinaire, uma cozinheira de mão cheia, e ainda por cima possui um outro conjunto de poderes dos quais não posso falar porque é spoiler. Quanto ao pormenorzito da tentativa de assassinato da melhor amiga—eu sabia que tinha de haver uma razão muito boa por detrás disto, e sem dúvida que a autora prolonga o sofrimento ao demorar horrores para explicar os motivos da moça.

Toda a narrativa é muito directa e com um ritmo alucinante, há sempre qualquer coisa a acontecer à volta da heroína que a obriga a agir; adorei a porquinha Rosie, essa sidekick fenomenal que encontra pessoas através do cheiro, e que é a coisa mais fofa à face da Terra! Há ainda uma pitada de romance entre a Kyra e um moço muito jeitoso que passa a vida a atravessar-lhe o caminho, mas claramente esta parte não era suposto ter muito destaque na história.

No final de contas acabei por me divertir bastante, o que não quer dizer que esta tenha sido uma leitura extraordinária, porque não foi—a meu ver, quer as personagens, quer as cenas precisavam de mais desenvolvimento—esta é também a principal razão porque este livro me soube mais a middle-grade do que a young-adult. No entanto ia adorar ver isto em formato de animação—do it, Disney!

E pronto, posso recomendar o Poison como uma light&fluffy reading para quem quiser escapar por umas horas, mas nada mais do que isso.

Nota: totalmente trágico o facto da autora ter falecido aos 34 anos e, entre tantas outras coisas, não ter visto o seu livro ser publicado—o início dos agradecimentos parte-me o coração: “The sign of a life well lived is that there are always too many people to thank”.

Classificação: 6/10

EN ǀ Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com


4 Responses to “Poison”

  1. Eu também quero um porquinho como sidekick! E quero ler este livro só por ter um porquinho como sidekick! Mais livros deviam ter porquinhos como sidekick!

    • Idem! Não há livros suficientes com porquinhos como os sidekicks neste mundo, que se passa com os autores??
      Já viste a Rosie na capa, a espreitar ali no canto inferior esquerdo, é tão fofa!! :3

      • Vi sim! Assim que no texto vi que havia um porquinho fui olhar a capa com olhos de ver! xD

      • Bem, eu sou mesmo totó porque não reparei na porquinha até ter acabado o livro, e vi-a por acaso ali a espreitar do canto ^.^


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: