Easy

20Fev13
easyAutor: Tammara Webber
Editora: Razorbill (Jan 2013; 1ª ed. Mai 2012)
Formato: Paperback
Páginas: 322
Idioma: Inglês

Sinopse: I took a deep breath and exhaled it slowly before turning around. It was Lucas who stood there. His gaze was penetrating, not wavering for a moment, and my pulse hammered under his silent scrutiny. I couldn’t remember the last time I’d been so full of pure, unqualified desire. Lucas is the stranger who saved Jacqueline from an attack by a fellow student—she’d never noticed him before then, and now he’s everywhere. But can Jacqueline trust him—or will the secrets he’s hiding come between them?

Opinião:

Finalmente li mais qualquer coisa new adult—you know, aquele novo género que basicamente  = young adult + sex. Antes já tinha lido o Beautiful Disaster da Jamie McGuire, que não é horrível, mas que penso que também não será o melhor exemplo.

No Easy o que se passa é que a protagonista, Jacqueline, já não estava nos seus melhores momentos depois do idiota do namorado (que ela seguiu para a faculdade!!) acabar com ela, quando é atacada na rua ao sair de uma festa. Mas acontece que ela tem um admirador secreto que intervém e parte o focinho ao malfeitor. Depois disto ela vai passar a ver o seu avenger em todo o lado, no café, nas aulas, nas festas, no campus em geral—hot stalker style baby!—e o resto da história adivinha-se.

…Ou então não, porque na verdade o Easy tem muito mais que se lhe diga, e fui positivamente surpreendida com isso. A Jacqueline e o Lucas (o avenger) não são só dois young adults envolvidos num romance genérico—a Jacqueline tem um percurso muito interessante ao longo da narrativa, ainda por cima porque quando comecei a ler e soube que ela se decidiu por uma faculdade só porque o namorado ia para lá, desceu imediatamente pontos na minha consideração, mas dei-lhe uma oportunidade e ela redimiu-se por completo; e o Lucas, bem, a personagem dele cresce com cada aparição, e mesmo com aquela fachada enigmática de bad-boy, loner, tipo-estranho-na última-fila-da-sala-de-aula-que-não-parece-ligar-nenhuma-ao-que-se-está-a-passar, facilmente se percebe que ele tem de ser muito mais do que isso, até porque as acções dele não são compatíveis com estes estereótipos.

No geral, acho que autora consegue lidar muito bem com a situação bicuda de escrever sobre uma heroína que passa pelo mesmo que a Jacqueline—sim, ela aparece fragilizada em vários momentos, e em algumas cenas é “salva” quer pelo ex, quer pelo Lucas, mas ainda assim nunca a achei uma fraca que precisa de um macho para a proteger, é preciso ter em conta que às vezes não basta querer ser forte e enfrentar as cenas, o trauma quando quer fala mais alto e uma pessoa só quer é enfiar-se debaixo dos cobertores e esconder-se do mundo. Aliás, ela reage muito melhor do que o que eu estava à espera—continua a ir a festas com a amiga, inscreve-se em aulas de defesa pessoalexcelentes estas cenas—e, lucky Lucas, não risca os homens da sua vida.

O final foi surpreendente, tanto porque o Lucas ganha toda uma nova profundidade, o passado dele era mais dark do que o que estava à espera, e uma pessoa fica com o coração apertadinho, apertadinho, e a torcer furiosamente por um final feliz.

Que me falta dizer? :lembra-se: Os emails! Os emails… adorei aquela troca, e suspeitei daquele tutor extraordinaire desde o início. Acho que só a Jacqueline é que não chegou lá.

E pronto, recomendo, quer pelo romance totalmente capaz de provocar uma fraqueza súbita nas pernas (e calores em todo o lado), e também porque esta história é um excelente exemplo de como coisas boas podem ter origem em decisões menos felizes.

4stars

EN ǀ Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com


5 Responses to “Easy”

  1. Esta gente *aponta para a p7 e para a Jen* já parava de falar bem de livros que eu tenho na wishlist há montes de tempo…😛 Como odeio ser pobre *ler como sendo o Caco Antibes do Sai de Baixo a dizer*

    • Eu também me vou dar como vítima neste caso, porque foi por causa dessa mesma evildoer que eu reparei a sério no Easy. Ela é o demo, o demo!

      • 3 p7

        Anda aqui uma pessoa a ser vilipendiada…aiai.😛 Se estiverem com vontade de aumentar a wishlist mais um bocadinho, deve estar aí a parar nas minhas mãos qualquer dia o primeiro da série Between the Lines da autora, servirei voluntariamente de cobaia para ver se também é bom ou se este foi um one hit wonder.😉

      • Cada um tem aquilo que merece. xD

        Faz isso, faz. Que já tive vontade de comprar o primeiro dessa série mas também estou com essa dúvida.


  1. 1 As Escolhas do Dálmata 2013 | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: