O Hobbit – Uma Viagem Inesperada, o filme

01Jan13

the-hobbit-poster-1O primeiro post de 2013!

Acabei por não fazer review de todos os filmes que fui ver ao cinema em 2012 (assim como não vou opinar sobre todos os livros que li >___>), mas antes que me esqueça queria deixar aqui os meus dois tostões acerca da parte um do Hobbit.

Eu não li o livro—tenho a estranha ideia de que Tolkien é areia demais para a minha camioneta—ainda assim estava naturalmente em pulgas para ir ver o filme, já que aprecio bastante o trabalho do Peter Jackson, e como qualquer cinéfilo adoro a trilogia O Senhor dos Anéis. A juntar à festa deu-se o caso de no elenco figurarem nomes como, Martin “JAWN” Freeman, Aidan Turner, e, OH MEU DEUS, Richard Armitage. YEAH BABY!! \o/ *fangirla*

Achei que a história em si tinha várias semelhanças com O Senhor dos Anéis, pelo menos no esqueleto—Gandalf recruta hobbit para uma missão de extrema importância, hobbit vai, hobbit descobre o mundo, seus demais perigos, e acima de tudo, o bromance. Hobbit passa bons bocados, maus bocados, hobbit estorva, hobbit duvida de si próprio, hobbit salva o dia.

TheHobbit-2

A grande diferença para mim está na seriedade, quero com isto dizer que achei este muito mais light e silly do que a trilogia LOTR, que de light e silly não tem nada. De certa maneira já esperava isto, porque para além de saber que o livro era direccionado para um público mais jovem, o que mais poderia sair de uma história com um bando de anões—e  um hobbit—como protagonistas?

Adorei o Martin como Bilbo, tão na mouche este casting; o Fili e o Kili, e claro, THORIN—let me love you! Há muito que o RA merecia um papel desta dimensão em Hollywood, e espero que este personagem lhe abra mais portas. As salas de cinema deste mundo precisam daquele nariz, daqueles puppy eyes, daquela voz, em exibição com mais regularidade.

Cenas favoritas: a invasão à casa do Bilbo; Thorin a cantar; Gollum, Bilbo, e o jogo das adivinhas; sempre que o Thorin berra desesperadamente pelo Kili numa situação mais difícil; e claro, aquele abraço.

TheHobbit-1

O que me chateou um bocadinho: aquela coisa das 48 frames. Desculpa lá, Peter Jackson, mas é um NO. É que nem parecia um filme… e por muito que seja estupendo que a tecnologia dos dias de hoje consiga dar tal realismo à imagem, na minha opinião aquela resolução exageradíssima rouba ao telespectador a experiência de estar a ver um filme. Se é que me faço entender.

E pronto, que venha o próximo, que eu vou tentar ir ver sem as tais 48 tretas para não ter razões de queixa.

Anúncios


9 Responses to “O Hobbit – Uma Viagem Inesperada, o filme”

  1. SIM! O mais importante de tudo é o hobbit descobrir o bromance! 😀 É o bromance que salva o mundo… It is known. 😀

  2. 3 p7

    Ok, o que é preciso para te subornar a ler, por exemplo, O Hobbit e convenceres-te que Tolkien não é areia a mais para a tua camioneta? ;D Se não te importas com o tom mais silly e infantil, este é capaz de ser o livro para ti, até tem aquele feeling de conto de fadas cruzado com livro de aventuras. 😉

    Pobre Bilbo, nem sabia o que o esperava… 😛 Casa invadida, anões a esvaziar-lhe a dispensa, e envolvido numa desagradável aventura! xD A minha cena favorita foi a do Gollum, bem realizada, boas actuações, fiel ao livro… “If he loses, we eats it whole!” 😀

    • I—I—I can’t. Vou guardar Tolkien para a velhice, se lá chegar. Não me tentes com o conto de fadas!

      Aqueles anões são uns terroristas, entram num sítio e é logo tudo deles. xD Naquele caso eu sou muito Bilbo, só pensava, ai jasus, olha entrarem na minha casa e começarem a atirar os meus livros e cenas no geral de um lado para o outro! TERRORISTAS!! Out now! Kili e Fili, podem ficar para me ajudar a arrumar as tralhas.

      Tal como o Bilbo achei razoável o negócio, eheh.

      • 5 p7

        Eu sabia que a menção ao conto de fadas era tentadora… 😀 Vá lá, o livro é pequenino, tem umas 250 páginas, lê-se num instante e não há necessidade de esperar pela velhice. 😉

        Lol, com o Hobbit ganhei algum apreço pelo modo de vida dos hobbits, tão calminhos, e vem o Gandalf acompanhado por uns anões arruaceiros e põem tudo de pantanas. xD

      • 6 quigui

        Como eu gostava de a convencer a ler o Hobbit. Aos anos que tento! Tenho lá em casa 3 cópias (3!), bem que podias ler!

      • Stop it you two. Bullies, é o que vocês são. Bullies.

  3. 8 quigui

    Also, para o ano já sabemos que as 48 fps não vale a pena. It was too freaking real.

    • Indeed, mais real que aquilo só se comprássemos bilhete e nos entregassem o Thorin, Bilbo & Co. em carne e osso. O QUE SERIA O MELHOR DOS NEGÓCIOS. xD


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: