As Escolhas do Dálmata 2012

26Dez12

as-escolhas-do-dalmata-2012_1O best of de 2012!

Adoro escrever este post, claro que sou sempre assaltada por uma vaga de nostalgia ao lembrar-me do quanto os meus favoritos do ano foram leituras de se tirar o chapéu, como me aqueceram o coração, e em alguns casos, como mo deixaram apertadinho, apertadinho, mas adoro na mesma.

Até esta publicação li exactamente 101 livros este ano, ou pelo menos é o que o meu Goodreads Challenge me diz, número que é um bocadinho menor que o do ano passado—explicação: em 2011 ainda não tinha percebido o quanto o Tumblr é viciante; as estatísticas do GR também me dizem que estes 101 livros perfazem um total de mais de 35 mil páginas. Yeah baby!  \o/

Mais uma vez, não vou limitar o número de favoritos, mas por outro lado achei que ficava giro fazer isto por géneros, aqui vai:

Fairy tales

East de Edith Pattou

Gostei TANTO, TANTO! Diga-se que alguns fairy tales quando recontados para um público não-infantil correm o risco de cair no rídiculo de tão improvável que é a história, e este poderia ter sido facilmente o caso do East que conta a história de uma rapariga que tem de viajar até um sítio que pelos vistos não existe e salvar um moço em forma de urso—não sei como é que a autora o fez mas de rídiculo este livro não tem nem uma vírgula. Fui completamente apanhada de surpresa pela beleza da escrita da Pattou, e mesmo sendo algo que raramente faço, este é um livro que pretendo reler um dia destes. 10/10

  East  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

Book of a Thousand Days de Shannon Hale

A Hale  é uma contadora de histórias nata e uma favorita minha. Tal como o East, este também é um fairy tale retold (Maid Maleen), no entanto a autora deu tanto de si à narrativa e tanta personalidade à protagonista, Dashti, que por vezes até me esquecia que a base da história não era original. Não é segredo para ninguém que os fairy tales retellings são a minha praia, no entanto não é fácil encontrar pérolas dentro do género—os livros da Shannon Hale são a excepção à regra porque são todos pérolas, todos.  9/10

  Book of a Thousand Days  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

~Menções honrosas:
Enna Burning de Shannon Hale

~ ~ ~ ~

Distopias

under-the-never-sky

Under the Never Sky de Veronica Rossi

Já o disse várias vezes antes mas como este é o post de wrap-up do ano tenho de me repetir mais uma vez: 2012 foi o ano das distopias (2013 também para lá caminha, com o Dystopia Reading Challenge em que me inscrevi e tudo), e nesse aspecto correu muito bem porque gostei praticamente de tudo o que li dentro do género, e ainda por cima dois dos meus grandes favoritos estão inseridos neste grupo, first up: Under the Never Sky, que tem um início um bocadinho estranho e all over the place, mas que depois fica no ponto. Entre outras coisas, adoro que o romance entre os protagonistas não seja instantâneo—muito pelo contrário—e ainda que não seja o tema principal do livro. 9/10

  Under the Never Sky (Under the Never Sky, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

divergent

Divergent de Veronica Roth

O Divergent foi sem dúvida a revelação do ano, porque por mais que já tivesse ouvido falar extremamente bem dele por quase toda a gente que me aparecia—e aparece—na dashboard do GR, e sei lá eu em quantos blogues por essa internet fora, parti para esta leitura um tanto descrente, o que até correu bem porque a surpresa foi ene vezes maior—não conseguia parar de ler o raio do livro. D: Em poucas palavras: completamente alucinante e viciante. Recomendo a quem apreciar distopias YA. 9/10

  Divergent (Divergent, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

~Menções Honrosas:
Birthmarked de Caragh M. O’Brien
Matched de Ally Condie
Delirium & Pandemonium de Lauren Oliver

~ ~ ~ ~

Clássico

life-of-pi-canongate-booksLife of Pi de Yann Martel

Que viagem. Fui totalmente arrebatada pelo Life of Pi, quer pela história, quer pela escrita do Martel, quer pelo protagonista. Foi surpreendente para mim o facto de ter gostado tanto deste livro tendo em conta que algumas cenas me deixaram desconfortável, horrorizada, e naquele estado I can’t read this, I can’t read this *foge*. No entanto não conseguia parar, tinha de saber como é que a jornada do Pi ia terminar, e como é que o autor me ia chocar a seguir. Recomendo—pela escrita, pelo génio do Martel, e ainda porque este é um daqueles livros que marcam. 9/10

  Life of Pi  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

~ ~ ~ ~

Romance histórico

the-hathaways

Série The Hathaways de Lisa Kleypas

A Rainha LK, pela segunda vez consecutiva nos favoritos do ano, hell yeah. Adoro os Hathaways, adoro, adoro. E uma coisa impressionante é que os cinco livros da série estão praticamente todos no mesmo nível de awesome, o que não é proeza fácil. Claro que tenho o meu favorito: Seduce Me At Sunrise. A ANGÚSTIA. A HOTNESS.

  Mine Till Midnight (The Hathaways, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

~ ~ ~ ~

Paranormal

kate-daniels-seriesSérie Kate Daniels de Ilona Andrews

Lá falar pela enésima vez da Kate, a maior kickasser de todos os tempos, ela que este ano me fez rir, chorar, chorar a rir, dançar à volta do quarto, levar as mãos à cabeça, e  que principalmente me fez acreditar no romance paranormal. E, meu Deus, aquele 4º livro… um super favorito desta série, do ano, de todo o sempre. Recomendo sem reservas. Kate for president!

Em tom de curiosidade, fiz uma pesquisa por “Kate Daniels” nos artigos aqui do blogue e para além das mailboxes em que cada livro figura, e as opiniões, o nome aparece-me mencionado em:

Top Ten Tuesday – Personagens Favoritas de Sempre
Top Ten Tuesday – Livros Que Deviam Ser Filmes
Top Ten Tuesday – Favorite Kick-Ass Heroines
Top Ten Tuesday – Casais Estalo-Beijo
Top Ten Tuesday – Banda Sonora
Top Ten Tuesday – Animada para ler em 2013
Top Ten Tuesday – Novos autores favoritos lidos em 2012
Top Ten Tuesday – Recomenda-se a quem não aprecia

Isto tudo só este ano. Mencionei-a (personagem e série) poucas vezes, portanto.

Pormenor técnico: li o Magic Bites no ano passado e achei bom, mas nada de especial (ainda bem que insisti na série), por isso ele não fez parte dos favoritos de 2011, mas este ano para ficar bonito tive de usar uma imagem com os cinco livros publicados até agora, seria para lá de lame usar só os quatro últimos volumes.

  Magic Bites (Kate Daniels, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

daughter-of-smoke-and-boneDaughter of Smoke and Bone de Laini Taylor

Bem haja a Laini Taylor que desafia as regras do paranormal como se não houvesse amanhã e escreve como se estivesse a compor música. (Nem eu sei ao certo o que acabei de insinuar com a última parte.) É verdade que este livro se encaixa no estilo young-adult, no entanto, é tão diferente de tudo que eu já li dentro do género—o que quero dizer com isto: que o DoSaB não é só mais um romance paranormal YA entre muitos, mas antes algo completamente singular que vale a pena ler, quanto mais não seja pela escrita da Laini (bónus: fica-se com um livro lindíssimo na estante). 8/10

  Daughter of Smoke and Bone (Daughter of Smoke and Bone, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

unearthly

Unearthly de Cynthia Hand

Tem graça como nem sequer consigo escrever o título deste livro sem me rir, raios o partam, é tão boa onda, e fofo, e adorável que não resisti em dar-lhe um selinho de favorito do ano. Ainda mais engraçado é como o Unearthly tem um bocadinho de várias das coisas que actualmente mais me cansam em young-adult—o high-school drama, o quasi-triângulo amoroso *shudders*, o tema dos anjos—mas que de alguma maneira estranha neste, e só neste livro, resultam. Já disse isto antes e volto a dizer: é bruxaria. A Cynthia Hand estudou em Hogwarts. 8/10

  Unearthly (Unearthly, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

~Menções Honrosas:
Days of Blood and Starlight de Laini Taylor
The Iron King de Julie Kagawa
The Poison Princess de Kresley Cole
Hunting Lila de Sarah Alderson

~ ~ ~ ~

Juliet

(Yep, a Juliet é um género por si só—it’s my party and I’ll cry if i want to.)

shadowfellShadowfell de Juliet Marillier

É sempre super-hiper-mega emocionante ter um novo livro da Juliet para ler, e este ano para além da dose dupla neste campo, deu-se ainda o facto de um dos livros ter começado uma série, e o outro ter terminado Sevenwaters *chora*, ou seja, foram emoções e mais emoções à flor da pele—tudo em doses duplas, triplas, quádruplas. Sem surpresas, adorei o Shadowfell em todos os aspectos, história, cenário, heroína, herói *Flint, let me love you*, mas tenho uma queixa: soube a pouco! Preciso do segundo livro, GIMMEGIMMEGIMMEGIMME. 10/10

  Shadowfell (Shadowfell, #1)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide


flame-of-sevenwatersFlame of Sevenwaters de Juliet Marillier

O livro porque mais esperei, ansiei, e desesperei o ano todo, a conclusão da minha série favorita, o retorno a Harrowfield, à floresta de Sevenwaters, o livro da crippled #2, do baby Finbar, THE LAST MELON!!! Meu Deus, foi só feelings, feeling everywhere. É verdade que há pouco romance, e o que há é apressado, mas nem se nota. Já para não falar que há uns bónus ali pelo meio—cenas alusivas ao casal maravilha Liadan & Bran, que pelos vistos ainda se parecem com adolescentes no cio (não deve de haver rocha lisa em Harrowfield que escape), e uma referênciazita ao outro casal maravilha, Clodagh & Cathal, que na minha cabeça agora têm o Run To You como theme song. A sério, eles não se podem cheirar ao longe que desatam logo a correr que nem desalmados para chegar ao encontro do outro, andar demora horrores. Mas continuando, foi um final adequado, embora me tenha partido o coração. Ciarán </3. 10/10

  Flame of Sevenwaters (Sevenwaters, #6)  Buy The Book Now at The Book Depository, Free Delivery World Wide

FEITO! \o/

Nota: As desilusões do ano (algumas delas—as mais graves): Wild Magic da Tamora Pierce, Last Echo da Kimberly Derting, Defiance da C.J. Redwine, Elfland da Freda Warrington, Ironskin da Tina Connolly, Green Rider da Kristen Britain, e Insurgent da Veronica Roth.

~ ~ ~ ~

Quanto ao filmes, o favorito dos favoritos só podia ser—

Photobucket

Eu sei, eu sei, estrearam uns quantos excelentes filmes este ano (Os Jogos da Fome, O Fantástico Homem-AranhaBrave, A Branca de Neve e o Caçador, Batman, Hobbit, etc) mas ao lado dos Avengers merecem todos a estrela:

you-tried

arrow-tv-series-posterQuanto às séries, vi finalmente Sherlock e agora pertenço ao fandom dos desesperados por mais; também comecei a ver The Killing que me foi recomendado pela WhiteLady3 e fiquei viciada; a temporada 3 de Downton Abbey partiu-me o coração, thanks a lot, Julian Fellowes espero que ardas na parte menos popular do inferno; estou ainda a acompanhar Beauty and the Beast da CW, e claro, Arrow, gente, ARROW.

Já que estou dentro do assunto, não posso deixar de falar na segunda temporada de Once Upon a Time que me desiludiu tanto, tanto, que até dói. E digo desiludiu porque, embora ainda não tenha acabado a temporada, há muito que já desisti dela—não estou minimamente interessada no que vem aí, e aos produtores e escritores só tenho a dizer, go f*** yourselves.

E acho que é tudo—que venha o 2013, I’m ready.

Nota: stay tuned porque um passarinho verde disse-me ao ouvido que o giveaway está quase, quase a chegar.😀



17 Responses to “As Escolhas do Dálmata 2012”

  1. 1 carla m soares

    As tuas escolhas deixaram-me água na boca (para variar)! E eu que não ganhei nem um livrinho este Natal!

    E portugueses, nada? Ou só leste o meu, porque sou uma chata e to impingi? LOLOLOLOLOLOL

    • Nem um? oooh, deixa lá que também só recebi um, mas foi um bom!😀

      xD Não, não foi impingidela, eu queria mesmo ler o Alma Rebelde, há muitos outros livros e autores que li este ano e que gostei mas que não chegaram aos favoritos, exemplos sonantes: Julia Quinn, Robin McKinley, Diana Wynne Jones… 3 autoras super favoritas que este ano não entraram no best of.😦

      • É verdade, nem um – bem me fiz ao piso, mas😦
        Tenho que comprá-los eu.

        Pois é… não tens nenhum de nenhuma delas! Só agora é que reparei!

  2. É tão bom quando alguém aceita as minhas sugestões e fica viciado! \o/ E sim, Downton foi de partir o coração *chora desalmadamente*

    E só para que saibas… fizeste a minha wishlist crescer…

  3. 8 p7

    Kate Daniels fangirl. Pára de me fazer querer começar mais séries quando já tenho tantas para acabar. xD

    O que é que se passou com Once Upon a Time? Estava com a sensação, do ano passado, que adoravas aquilo. :S

    • No can do. Como sabes é o objectivo de vida de cada blogger fazer com que outros leiam aquilo que se adora xD Tens de ler Kate Daniels!

      Ai OUAT, está tão meh a 2ªseason… chateia-me porque adorei grande parte da 1ª no ano passado, mas é para esquecer, não devo voltar a ver um episódio. É só cenas parvas, para além de que o Sheriff nunca mais voltou.

      • 10 p7

        You evil blogger. xD A ver se acabo uma série de fantasia urbana que tenho a meio e depois salto para a Kate… Parece bem boa e passa-se em Atlanta.😀

        Uau, está mesmo a irritar-te. Assim se calhar nem vale a pena eu começar na série, se é para me saltar a tampa a meio… :S

      • *metendo-se* Eu só vi dois episódios da 2ª temporada no AXN e MEU DEUS o primeiro episódio foi chato!!! O segundo até me pareceu bom, sobretudo porque tem pouca ou nenhuma Emma e até tem alguns desenvolvimentos interessantes, mas se o entusiasmo já não era muito grande agora ainda pior ficou.

      • @p7 You must!
        Irritou-me e de que maneira. Malditos, estragaram-me a série! Já me tinha acontecido com Bones antes desta, com Alias, e mais umas quantas. Damn.

        @whitelady São todos chatos os epis da 2ªseason! dos que vi não me recordo de um que me tenha ficado na memória pela positiva—pela negativa tenho de destacar a Belle a acordar na cama do Rumple. My eyes, my eyes!!
        Chegaste a ver o epi em que revelam quem é o Dr. Whale? >__>

      • Nah, ainda só vi mesmo os primeiros dois episódios porque era os que tinha gravados na box, acho que amanhã vai para o ar o terceiro. Estou a achar a Belle tão meh e ok, até adorei o episódio da primeira temporada e acho que ela pode fazer sobressair o que de bom há nele (apesar de achar que só o filho é que o pode tornar definitivamente bom), mas WTF?! Eles dormem juntos? But why?

        E até tenho medo de perguntar sobre o Whale…O_o

      • *shudders*

        Se não viste não vou insistir no assunto, vou só dizer que foi WTF.

  4. Eh pá, assim não pode ser. Já viste que agora fiquei com uma pilha ainda maior de livros que quero mesmo ler. As tuas opiniões são tão efusivas que é impossível não ficar com vontade de ler.


  1. 1 Giveaway “As Escolhas do Dálmata 2012″ | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: