Prophecy of the Sisters

20Mar12
Autor: Michelle Zink
Série: Prophecy of the Sisters, #1
Editora: Atom (2010; 1ª ed. 2009)
Formato: Paperback
Páginas: 343
Idioma: Inglês

Sinopse: Sixteen-year-old Lia Milthorpe and her twin sister Alice have just become orphans, and, as Lia discovers, they have also become enemies. The twins are part of an ancient prophecy that has turned generations of sisters against each other. To escape from a dark fate and to remain in the arms of her beloved boyfriend James, Lia must end the prophecy before her sister does. Only then will she understand the mysterious circumstances of her parents’ deaths, the true meaning of the strange mark branded on her wrist, and the lengths to which her sister will go to defeat her.

Opinião:

Prophecy of the Sisters conta a história das gémeas Lia e Alice, que certa vez descobrem fazer parte de uma linhagem de mulheres que tem vindo a proteger o mundo de uma invasão demoníaca qualquer que ainda não ficou bem clara só com este primeiro livro. Elas acabaram de perder o pai em circunstâncias duvidosas, depois de já terem perdido a mãe de maneira bem trágica quando eram crianças.

A protagonista desta história é a Lia, a gémea boa, por oposição à Alice que desde o início é pintada como a gémea mesmo aparecendo muito pouco no texto, e quando aparece é só para dar ares de ser apenas a irmã mais arrogante das duas, o que na minha opinião não faz necessariamente dela a vilã — parvalhona? Sem dúvida; malvada? Alguém me mostre porquê.

Entretanto a Lia tem uma marca estranha no braço que não estava lá antes da morte do pai, e ela quer saber o que é aquilo, até que descobre mais duas raparigas com marcas parecidas e as três unem-se para investigar. Elas começam por melgar pessoas da vizinhança, e bem, porque ficam a saber da tal linhagem de mulheres, e ainda da profecia que parece opor duas irmãs, sendo uma delas The Guardian, e outra The Gate. A meu ver, a rivalidade entre estes dois “postos” não é devidamente explicada, mas sendo isto uma série sou obrigada a dar um desconto.

Não posso dizer que este livro tenha sido um estrondo, quer a nível de história ou de escrita, mas por alguma razão li-o de um dia para o outro e até já encomendei o segundo. Sempre tive um fraco por ficção histórica com miúdas detectives, e talvez seja isso que me puxe para a história, mas realmente gostava que o desenrolar da acção melhorasse bastante porque até agora foi tudo muito lento, e a própria heroína ainda não me convence, por isso *figas* para que ela se revele, como de certa maneira já começa a acontecer no final deste primeiro volume, numa cena bem triste, chocante, e que finalmente mostra o lado mau da Alice — daí eu ter esperanças para os livros seguintes.

Como nota final, devo confessar que deste o início da leitura encontrei semelhanças entre este enredo e o da série da Libba Bray, Gemma Doyle (so help me God, se no fim um dos bons é transformado numa árvore), afinal há a escola de miúdas, a irmandade, o reino que fica para lá deste mundo, e a ameaça de seres malvados; mas claro que a Michelle Zink não é a Libba Bray, porque a escrita não tem comparação, e eu sou evil por sequer fazer tal referência.

Classificação: 5/10

EN ǀ Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com


9 Responses to “Prophecy of the Sisters”

  1. 1 carlaslribeiro

    Hmmm. 5/10. Este é outro que tenho na wishlist porque li um conto da autora e gostei. Mas este fica: até parece giro. 😉

    • No meu caso nunca tinha lido nada da autora. É assim, o livro não é mau, até porque quero saber o que acontece a seguir, é só o caso de ser um bocadinho parado, e a parte da profecia também precisa de uma explicação melhor. Quanto à heroina, estou mesmo confiante que me conquiste no próximo. *fingers crossed* 🙂

  2. 3 slayra

    Também não achei nada de especial, na verdade… dá para entreter mas não vou continuar a ler a série. Fiquei-me pelo primeiro… 😛

    • Pois, é um livro um estranho este, não é espectacular, mas também não é mau de todo. Lá ver se não me arrependo de ter mandado vir o próximo… 😯

  3. 5 p7

    Hmm não me convenci, os pontos negativos que apontas são os mesmos que tenho visto noutras opiniões… Vou esperar para ver a tua opinião do segundo. 😉

    • Esperemos que fique melhor, e que o segundo livro não seja só para encher chouriços, vou ficar muito, muito aborrecida se for o caso *evil stare @ Michelle Zink* — depois de lhe dar uma segunda oportunidade e tudo 😕

  4. Eu tinha algumas expectativas em relação a este livro, mas agora estou na dúvida. Os pontos fracos que apontas são dos que me costumam incomodar. De qualquer forma não pareces ter desgostado, já que vais ler a sequela, por isso também eu aguardo a tua opinião do segundo.

    • Pois.. tinha bom aspecto, não é? Este tipo de sinopse, título, capa, costumam chamar por mim, mas no geral ficou um bocadinho aquém, lá ver o que vem por aí no segundo livro. 😉


  1. 1 Guardian of the Gate | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: