Snow

02Fev12
Autor: Tracy Lynn
Série: Once Upon a Time
Editora: Simon Pulse (2006)
Formato: Paperback
Páginas: 259
Idioma: Inglês
Challenge: Fairy Tales Retold 2012 ~ 1/12

Sinopse: The Duchess Jessica’s childhood began with a tragedy: her mother’s death. Her father, heartbroken at the loss of his beloved wife, could not bear to raise the child. Largely ignored, Jessica spent the first eleven years of her life running free on the family estate, cared for only by the servants. Then her father decides to remarry, bringing an end to Jessica’s independence. At first her new stepmother just seems overly strict. But as Jessica grows into a beautiful young woman, it becomes clear that her stepmother is also wildly -and murderously- jealous of her. Jessica escapes to London. Going by the name Snow to hide from her family, she falls in love with an odd band of outcasts who accept her into their makeshift family. But when her stepmother appears in the city, repentant and seeking her forgiveness, Jessica will have to decide whom to trust… with her life.

Opinião:

Que pena que eu tenho, mas este ficou aquém das expectativas, e ainda por cima estava a gostar bastante do início que conta um trecho da infância da protagonista, Jessica, mas a cerca de metade do livro a história começou a ficar estranha, e honestamente alguns dos twists que a autora deu ao fairytale da Snow White não me agradaram.

Do que menos gostei foi sem dúvida do twist dado aos anões, que nem sequer são anões, mas antes umas criaturas meio-humanas, meio-animais, que se auto-nomeiam de The Lonely Ones. Entre eles um meio gato, um meio rato, um meio pardal, e por aí fora. Não consegui gostar de nenhum deles, mesmo que tenham acolhido a Jessica no seu esconderijo que até então nunca um humano tinha insultado com a sua presença.

Achei que ao longo do texto a Jessica também foi perdendo qualidades como heroína -era muito mais corajosa e interessante quando era criança do que em jovem adulta-, e sinceramente parece que foi ficando burrinha com o passar o tempo, porque consegue cair na conversa da vilã mesmo depois desta lhe ter tentado comer o coração uns anos antes (e não, a gaja nem sequer estava vestida de velhota simpática que só quer partilhar as suas maçãs). Ugh.

De qualquer maneira, o fim surpreendeu-me, não porque tivesse gostado, mas porque foi realmente inesperado. Inesperado também foi o romance, que é quase inexistente, mas que no fim lá se revela. Dá para acreditar que o “príncipe” desta Snow White tem penas no lugar do cabelo? E não, não são ornamentais… crescem-lhe no couro cabeludo. Tão, TÃO eww. Tinha que me calhar uma história destas a mim, não é? Eu que “adoro” penas em humanos.

Classificação: 3/10

EN ǀ Goodreads ǀ The Book Depository UK ǀ The Book Depository.com


3 Responses to “Snow”

  1. 1 quigui

    Ooohhh, que pena. É para tira-lo da wishlist, então…

    Penas em vez de cabelo O.O Era também meio-pardal?


  1. 1 2012 Fairy Tales Retold Reading Challenge: check | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: