A Mecânica do Coração

10Nov11

Autor: Mathias Malzieu

Editora: Contraponto (2009)

Páginas: 143

Sinopse: Edimburgo, 1874. Jack nasce no dia mais frio do mundo, com o coração… congelado. A Dr.ª Madeleine, a parteira que o trouxe ao mundo, consegue salvar-lhe a vida instalando um mecanismo – um relógio de madeira – no seu peito, para ajudar a que o coração funcione. A prótese funciona e Jack sobrevive, mas com uma condição: terá sempre de se proteger das sobrecargas emocionais. Nada de raiva e, sobretudo, nada de amor. A Dr.ª Madeleine, que o adopta e vela pelo seu mecanismo, avisa: o amor é perigoso para o teu coraçãozinho. Mas não há mecânica capaz de fazer frente à vida e, um dia, uma pequena cantora de rua arrebata o coração -o mecânico e o verdadeiro- de Jack.

Opinião:

Tão linda que é esta capa. Tão, tão linda…o livro em si, já é outra história.

Devo começar por dizer que gostei bastante dos eventos iniciais e da narração, mesmo sendo tudo muito estranho. A história é contada pelo herói, Jack, quando este ainda nem tinha nascido e que mesmo dentro do útero, e depois com meros minutos de vida, relata os acontecimentos como gente grande. Achei particular graça à vontade de um recém-nascido de, e cito, “abocanhar” os seios da sua parteira mesmo que não tivessem leite. Yep, newborn Jack is a pervert. Quando já é mais crescido, mas ainda criança, ele apaixona-se loucamente por uma miúda que vê actuar na rua, e pronto, ela passa a ser o motor de todas as suas acções, e deste livro.

Nem vou falar do coração-relógio do moço, mas só dizer que me senti defraudada no fim, quando é explicada a razão pela qual ele o tinha. Preferia mil vezes um fim mais trágico do que aquela explicação.

Também me fui cansando da obsessão de Jack pela sua amada, e foi mesmo uma desilusão perceber que o livro só tinha como objectivo a relação dos dois. Tudo o resto que ele faça é omitido, só Miss Acácia importa. Meh.

E tenho de fazer referência ao facto do autor ter usado o actor Charles Bronson para fazer uma comparação e de eu ter ficado com a cabeça à roda, porque se esta história se passa no século dezanove o homem nem era nascido ainda, e mesmo que o cenário deste livro pareça ser uma realidade somente alternativa em alguns pormenores (como por exemplo: existirem pessoas que sobrevivem com objectos comuns no lugar de órgãos vitais), não achei que ficasse muito bem meter o Charles Bronson na conversa – a menos que haja um Mr Bronson Vitoriano e eu não saiba de nada.

Classificação: 4/10

Goodreads ǀ WOOK


6 Responses to “A Mecânica do Coração”

  1. 1 quigui

    Bem, eu já tinha lido em algum lado que este livro não era por aí além. Mas tinha a capa bonita, e é passado em Edinburgo, por isso ainda andava debaixo do radar.

    Pelos vistos pode sair mesmo do alcance do radar…

  2. Também não amei o livro quando o li, embora o tenha achado agradável e tenha adorado o estilo de escrita do autor.
    As minhas razões são mais ou menos as mesmas.
    O que é uma pena porque o livro podia ser realmente algo de muito bom se não fosse tão focado na obsessão do Jack pela Miss Acácia e especialmente se o final não fosse aquele.

    • É incrível como um miúdo tão jovem fica completamente obcecado por uma rapariga. E não faz mais nada na vida a não ser pensar nela, ir atrás dela, e desesperar por causa dela. Tinha sido mais interessante se houvesse mais qualquer coisa a acontecer com este herói, sem dúvida. :s

  3. Opá que pena, detesto livros lamechas! Então o livro é um bocado steampunk? Coração mecânico, época vitoriana?

    • Sim, pode-se dizer que é steampunk, porque para além do Jack há outros humanos que têm partes mecânicas no corpo a substituir qualquer órgão ou osso, mas…é MUITO estranho este livro…e depois é isso de ser um bocado lamechas. É só Miss Acácia para aqui e Miss Acácia para ali. :s


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: