A Spy in the House

27Jul10

Autor: Y.S.Lee

Editora: Walker Books (2009)

Páginas: 341

Idioma: Inglês

Sinopse: This is a colourful, action-packed Victorian detective novel centred around the exploits of ‘agent’ Mary Quinn. At a young age, Mary is rescued from the gallows by a woman masquerading as a prison warden. She is taken to Miss Scrimshaw’s Academy for Girls. The school, Mary learns, is a front for a private investigation agency and, at 17, she is taken on as an agent. In her new role she is catapulted into the family home of the Thorolds to investigate the shady business dealings of Mr Thorold.

Opinião:

A Spy in the House, o primeiro volume da soon to be trilogia The Agency, e romance de estreia da autora asiática Y.S.Lee, passa-se na Inglaterra vitoriana, durante o verão do Great Stink (google it), e conta a história de Mary Lang (ou Mary Quinn), uma jovem cuja sina começa a ser narrada ao leitor quando esta é uma orfã de apenas doze anos que é condenada à forca pelo crime que uma criança na sua situação quase que tem o direito de cometer: furto. Este parece um início chocante mas não é pois dura talvez duas, três páginas, e antes sequer de o leitor poder digerir a sentença, Mary é salva por um membro de uma radical agência de espionagem feminina, a Agency. A história dá salto de cinco anos no tempo, retomando no ponto em que Mary vai ser enviada na sua primeira missão: descobrir o paradeiro de uns artefactos indianos de grande valor que foram roubados, e para isto é posicionada na casa do principal suspeito deste furto, como dama de companhia da desesperante criatura que é a filha dele.

E cá vai a célebre frase: eu gostei deste livro. Foi uma leitura muito rápida, satisfatória, envolvente, e ao mesmo tempo não muito exigente. A Spy in the House surpreendeu-me  ainda ao não ser só uma história de espionagem e de “mulheres ao poder”, mas também a história de uma rapariga com um passado trágico e também ele enigmático, e mais ainda na forma como a autora consegue conciliar esta parte da vida de Mary com a sua missão. Sem dúvida que fico à  espera de mais desenvolvimentos nesta linha.

Claro está que nada disto teria metade da graça sem James Easton, um jovem cuja personalidade tende um bocadinho para a do Mr Darcy, cuja arrogânciazinha natural é capaz de divertir sempre o leitor, e só algumas vezes, em casos especiais, a Mary, e que por tudo isto só poderia ter uma profissão no mundo: engenheiro. James é assim mais uma personagem-mistério a juntar ao rol, já que -e posso estar enveredar por uma teoria da conspiração- não fiquei de maneira alguma convencida com a sua desculpa para também ele andar a espiar o mesmo sujeito que Mary, coisa que resulta na épica cena em que eles se conhecem pela primeira vez após escolherem o mesmo guarda-roupa para servir de esconderijo. A parceria destes Mr e Mrs Smith para desvendar o caso depressa se torna nos momentos mais esperados do livro, pois eles como equipa conseguem de facto descobrir coisas importantes, da mesma maneira que, estando eles juntos, o bom velho flirt, quiçá moderno de mais para o século dezanove, está garantido. E lá está, como The Agency vai ser uma trilogia, a relação deles (para meu desespero) termina num cliffhanger que devia ser proibido por lei.

Em suma, um mix quase perfeito de aventura, mistério, línguas afiadas, uma pitada de drama, e um daqueles romances cujos intervenientes parecem estar sempre na verga do beijo-estrangulamento, ou por outras palavras my cup of tea. 😀

Classificação: 8/10



One Response to “A Spy in the House”


  1. 1 The Body at the Tower | Cuidado com o Dálmata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: