Pride and Prejudice and Zombies

31Jan10
Autor: Jane Austen e Seth Grahame Smith
Editora: Quirk Books
Páginas: 320
Idioma: Inglês

Sinopse: “It is a truth universally acknowledged that a zombie in possession of brains must be in want of more brains.” So begins Pride and Prejudice and Zombies, and expanded edition of the beloved Jane Austen novel featuring all-new scenes of bonecrunching zombie mayhem. As our story opens, a mysterious plague has fallen upon the quiet English village of Meryton – and the dead are reurning to life! Feisty heroine Elizabeth Bennet is determined to wipe out zombie menace but she’s soon distracted by the arrival of the haughty and arrogant Mr.Darcy. What enses is a delightful comedy of manners with plenty of civilized sparring o the blood-soaked battlefield. Can Elizabeth vanquish the spawn of Satan? And overcome the social prejudices of the class-conscious landed gentry? Complete with romance, heartbreak, swordfights, cannibalism, and thousands of ottings corpses, Pride and Prejudice and Zombies transforms a masterpiece of world literature into something you’d actually want to read.

Opinião:

Assim nos diz a contra-capa, e eu, como fã incondicional da Jane Austen, e principalmente do Pride & Prejudice, tenho de discordar. Na verdade acho que deveria ser proibido caluniar qualquer  obra da Jane, ou mesmo qualquer clássico do século XIX! Não, não me estou a referir ao facto de este livro ter sido escrito e posto à venda, mas sim àquela afirmação “Pride and Prejudice and Zombies transforms a masterpiece of world literature into something you’d actually want to read” que só é verdade até à parte de ser uma masperpiece of world literature. O resto nem é verdade, nem justo de se dizer.

Voltando ao PPZ, foi com avidez e entusiasmo crescente que “reli” este clássico dos clássicos. Sim, porque o texto original está todo lá, só que com zombies, tradições Orientais, e uma boa dose de parvoíce à mistura.

A sensação com que fiquei ao longo do livro, é que a história que tão bem conheço e adoro, me estava a ser contada por alguém que, tendo lido o original, e visto as adaptações quer ao grande, quer ao pequeno ecrã, sabe-a de tal maneira bem, que consegue misturar tudo, mais os tais zombies e o Oriente, e fazê-lo.

Neste retelling, ficamos ainda a par do que se passa na cabeça de vários personagens, o que não acontece no texto original, onde só sabemos o que se passa com a Lizzy. Devo dizer que têm a sua graça os pensamentos do Mr.Darcy, do Mr.Bennet, e até do Mr.Collins.

Mas preparem-se para a tal dose de parvoíce. Não é fácil manter a seriedade enquanto se lê sobre a Lizzy e as irmãs a aplicarem golpes de luta corporal que aprenderam na China, com o seu adorado mestre Shaolin.

A versão portuguesa sai em 2010 sob o óbvio título de Orgulho e Preconceito e Zombies, pela Gailivro. Quem o quiser ler já, neste momento, terá de encomendar a edição da Quirk Books, e quem não quiser ler nem uma, nem outra versão, pode sempre esperar pelo filme, que já está em  fase de pré-produção.

3stars



No Responses Yet to “Pride and Prejudice and Zombies”

  1. Deixe um Comentário

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: